Papa Inocêncio VIII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inocêncio VIII
Papa da Igreja Católica
213° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 29 de agosto de 1484
Entronização 12 de setembro de 1484
Fim do pontificado 25 de julho de 1492 (7 anos)
Predecessor Sisto IV
Sucessor Alexandre VI
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1450
Nomeação episcopal 5 de novembro de 1466
Ordenação episcopal 28 de janeiro de 1467
Nomeado arcebispo 29 de agosto de 1484
Cardinalato
Criação 7 de maio de 1473
por Papa Sisto IV
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Balbina (1473-1474)
Santa Cecília (1474-1484)
Papado
Brasão
C o a Innocenzo VIII.svg
Consistório Consistórios de Inocêncio VIII
Dados pessoais
Nascimento 25 de julho de 1432
Génova, Itália
Morte 25 de julho de 1492 (60 anos)
Roma, Itália
Nacionalidade Italiano
Nome nascimento Giovanni Battista Cibo
Progenitores Mãe: Teodorina de' Mari
Pai: Arano Cibo
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Listas de papas: cronológica · alfabética

Papa Inocêncio VIII, nascido Giovanni Battista Cibo (Génova, 1432Roma, 25 de Julho de 1492), foi Papa de 29 de Agosto de 1484 até a data da sua morte.[1] Foi então proclamada, em 1484, a Bula contra os Bruxos, pelo Papa Inocêncio VIII.

Neste documento, ele relacionava os crimes atribuídos aos bruxos e dava plenos poderes à Inquisição para prender, torturar e punir todos aqueles que fossem suspeitos do 'crime de feitiçaria'.

Lenda do primeiro transplante sanguíneo[editar | editar código-fonte]

Segundo uma famosa e controversa lenda, Inocêncio VIII teria sido a primeira pessoa a receber um transplante sanguíneo[2]; tal transplante teria sido feito por via oral, com o sangue de três garotos de 10 anos.[2] Outra versão da história, apontada por alguns autores, conta que o papa teria sido convidado a beber o sangue dos garotos por seu médico, para tratar uma grave doença renal.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Papa Inocêncio VIII

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "Black Africans in Renaissance Europe", N. H Minnich, Thomas Foster Earle, K. J. P. Lowe, Cambridge University Press, 2005, ISBN 0-521-81582-7
  • "For the glory of God: how monotheism led to reformations, science, witch-hunts, and the end of slavery", Rodney Stark, p. 330, Princeton University Press, 2003, ISBN 0-691-11436-6
  • "The problem of slavery in Western culture", David Brion Davis, Oxford University Press US, 1988, ISBN 0-19-505639-6 [1]

Referências

  1. «The Cardinals of the Holy Roman Church» (em inglês). Flórida International University. Consultado em 23 de novembro de 2016. 
  2. a b Holly Tucker (12 de julho de 2012). «Blood Lust: The Early History of Transfusion». Scientific American. Consultado em 3 de março de 2018. 
  3. Phil Learoid (01/2006). «A SHORT HISTORY OF BLOOD TRANSFUSION» (PDF). Consultado em 3 de março de 2018.  Verifique data em: |data= (ajuda)
Precedido por
Sisto IV
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

213.º
Sucedido por
Alexandre VI


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.