Papa Clemente VI

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Clemente VI
O.S.B.
Papa da Igreja Católica
198° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem de São Bento
Diocese Diocese de Roma
Eleição 7 de maio de 1342
Entronização 19 de maio de 1342
Fim do pontificado 6 de dezembro de 1352 (10 anos)
Predecessor Bento XII
Sucessor Inocêncio VI
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 3 de dezembro de 1328
Ordenação episcopal 24 de novembro de 1329
por Papa João XXII
Nomeado arcebispo 24 de novembro de 1329
Cardinalato
Criação 18 de dezembro de 1338
por Papa Bento XII
Papado
Brasão
C o a Beaufort Popes.svg
Consistório Consistórios de Clemente VI
Dados pessoais
Nascimento 1291
Rosiers-d'Égletons, França
Morte 6 de dezembro de 1352 (61 anos)
Avinhão, França
Nacionalidade francês
Nome nascimento Pierre Roger de Beaufort
Progenitores Mãe: Guglielmina de la Monstre
Pai: Guglielmo Roger
Sepultura Abadia de Chaise-Dieu
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Listas de papas: cronológica · alfabética

Clemente VI nascido Pierre Roger, O.S.B., (Rosiers-d'Égletons, 12916 de dezembro de 1352) foi Papa (o quarto do Papado de Avinhão) e teve o seu pontificado de 7 de maio de 1342 até à data da sua morte. Era Monge Beneditino

Tal como seus antecessores, eram dedicados às causas francesas. Em 1347 canonizou Santo Ivo (1253 - 1293), patrono dos advogados, procuradores, juízes, juristas, notários, órfãos e abandonados. A 20 de Outubro de 1349 proibiu os flagelantes, uma seita da zona do Reno que emergiu na altura da Peste Negra. Sobreviveu a esta epidemia, primeiro seguindo os conselhos dos seus médicos de se rodear de piras, e depois retirando-se para o campo, perto de Avinhão.

Escreveu a bula 'Unigenitus' (27 de Janeiro de 1343), para justificar o poder papal e a concessão de indulgências. Este documento foi usado na defesa das indulgências muitos anos depois, quando Martinho Lutero afixou as suas 95 teses em Wittenberg, em 1517.


Precedido por
Bento XII
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

198.º
Sucedido por
Inocêncio VI


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.