Papa Bonifácio I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Bonifácio I
Papa da Igreja Católica
42° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 28 de dezembro de 418
Fim do pontificado 4 de setembro de 422 (3 anos)
Predecessor Papa Zósimo
Sucessor Papa Celestino I
Ordenação e nomeação
Dados pessoais
Nascimento 375
Roma, Império Bizantino
Morte 4 de setembro de 422 (47 anos)
Roma, Império Bizantino
Sepultura Catacumba de Santa Felicita
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Bonifácio I foi Papa entre 28 de Dezembro de 418 a 4 de Setembro de 422. Uma parte do clero de Roma escolheu em sua vez o Antipapa Eulálio. Opôs-se ao pelagianismo e decidiu sobre o problema do prelado de Arles sobre os bispos da Gália.

Bonifácio foi defensor da unidade eclesial através da primazia da Sé Romana, tendo escrito em 422, aos bispos da Macedônia: "Pertence ao bem-aventurado apóstolo Pedro, com base na afirmação do Senhor, o cuidado, por ele assumido, da Igreja Universal, que segundo o testemunho do evangelho, sabia sobre si fundada. (...) Esteja longe dos sacerdotes do Senhor (...) tornar-se (...) rival de modo particular aquele junto o qual o nosso Cristo estabeleceu o ápice do sacerdócio; se alguém ousar ultrajá-lo, não poderá habitar o reino dos céus. "A ti", diz ele, "darei as chaves do reino dos ceus" [Mt 16:19], e neste ninguém entrará sem o favor do porteiro" (Denzinger-Hünermann [*234]). É venerado como santo em 4 de setembro.


Precedido por
Zósimo
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

42.º
Sucedido por
Celestino I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Papa Bonifácio I