Papa Bento I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bento I
Papa da Igreja Católica
62° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 2 de junho de 575
Fim do pontificado 30 de julho de 579 (4 anos)
Predecessor João III
Sucessor Pelágio II
Ordenação e nomeação
Dados pessoais
Nascimento 525
Roma, Império Bizantino
Morte 30 de julho de 579 (54 anos)
Roma, Império Bizantino
Nome nascimento Benedetto Bonosio
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Papa Bento I (em latim: Benedictus; 525579) foi papa da Igreja Católica de 2 de junho de 575 a 30 de julho de 579.

Foi eleito papa após quase um ano de vacância devido à ocupação de Roma pelos Lombardos[1]. Bento I tentou restabelecer a ordem na Itália e na França, conturbadas pelas invasões bárbaras e ensanguentadas por discórdias internas.

Segundo o Liber Pontificalis: Em seu tempo a guerra trouxe a praga da fome: "houve tão grande miséria, que muitas fortalezas se renderam aos implacáveis bárbaros, só para haverem um pouco de alimento. Deus teve pena de tanta calamidade e o imperador Justino II fez mandar do Egito muitos navios carregados de trigo. Nessas aflições morreu o venerado pontífice, que foi sepultado na sacristia da Basílica de São Pedro". Sua fé superou os temores e foi um pilar de inspiração aos fiéis cristãos no meio de provações.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Papa Bento I». Ufcg.edu.br 


Precedido por
João III
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

62.º
Sucedido por
Pelágio II


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.