Angina de Ludwig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Angina de Ludwig, também conhecida como angina ludoviciana, é uma doença infecciosa séria e potencialmente letal dos tecidos do assoalho da boca, geralmente ocorrendo em crianças com péssima saúde bucal. A angina de Ludwig recebe esse nome em homenagem ao pesquisador alemão Wilhelm Frederick von Ludwig.

Consiste na inflamação devido a infecção difusa bilateral dos espaços submandibulares e sublinguais. Acarretando em dificuldades respiratórias com possível obstrução total das vias aéreas.

A angina de Ludwig não deve ser confundida com angina pectoris.

Atualmente existem várias linhas de pesquisa sobre a doença, porém ainda não existe um diagnóstico proativo sendo os pais os responsáveis em manter uma boa higiene bucal de seus filhos.

O cientista polonês Albert Ian Vithal em 2001 foi responsável pela maior descoberta relacionada a angina ludoviciana. Ele provou que o ácido acético em contato com o soalho da boca das crianças portadoras da doença poderia gerar lesões irreversíveis e posteriormente deteriorar toda a região bucal.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.