Anna Chapman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anna Chapman
Анна Чапман
Anna Chapman mug shot.jpg
Nome completo Anna Vasil’yevna Kushchyenko
Nascimento 23 de fevereiro de 1982 (38 anos)
Volgogrado, República Socialista Soviética da Rússia
Residência Moscou, Rússia
Nacionalidade Russa
Britânica (revogada)
Cônjuge Alex Chapman (2002-2006; divorciada)
Filho(s) 1
Ocupação Empresária, apresentadora de televisão e agente da Federação Russa

Anna Vasil'yevna Chapman (russo: А́нна Васи́льевна Ча́пман; nascida Anna Vasil’yevna Kushchyenko, russo: А́нна Васи́льевна Кущенко; 23 de fevereiro de 1982) é uma cidadã russa que residiu nos Estados Unidos e no Reino Unido. Ela ganhou notoriedade quando foi presa, a 27 de junho de 2010, junto com nove outras pessoas, em uma operação conduzida pelo FBI (num caso conhecido como "Programa Ilegais") acusada de espionar para a agência de inteligência da Federação Russa (o SVR).[1][2] Chapman se declarou culpada perante um tribunal nas acusações de conspiração com governo estrangeiro para fins de espionagem. Ela foi deportada de volta para a Rússia em 8 de julho, como parte de uma troca de prisioneiros.[1] Atualmente ela trabalha como empresária e já apareceu em vários programas de televisão russos.

Referências

  1. a b «Suspected Russian spies charged in US». BBC News. 29 de junho de 2010. Consultado em 28 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 15 de julho de 2010 
  2. «10 alleged Russian secret agents arrested in US». Associated Press. 28 de junho de 2010. Consultado em 13 de julho de 2010. Cópia arquivada em 2 de julho de 2010