Annika Bengtzon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Annika Bengtzon
Sexo Feminino
Ocupação Jornalista do Kvällspressen
Criado por Liza Marklund
Primeira aparição Sprängaren (A Bomba)
Última aparição Du gamla du fria
Interpretado por Helena Borgström
Malin Crépin

Annika Bengtzon é uma personagem de ficção de novelas policiais, criada pela escritora sueca Liza Marklund. Teria nascido no dia 21 de março na pequena localidade de Hälleforsnäs, na província histórica da Södermanland, e mora em Kungsholmen, em Estocolmo. É jornalista no jornal fictício Kvällspressen. [1] [2] [3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Annika Bengtzon figura nos seguintes livros: [4]

  • Sprängaren (1998) (com tradução para português: A Bomba)
  • Studio sex (1999) (com tradução para português: Homicídio no Parque)
  • Paradiset (2000)
  • Prime time (2002)
  • Den röda vargen (2003)
  • Nobels testamente (2006)
  • Livstid (2007)
  • En plats i solen (2008)
  • Du gamla du fria (2012)

Referências

  1. «Annika Bengtzon» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 10 de agosto de 2013 
  2. Eva Axelsson. «Träffande om samtiden när Annika Bengtzon tar farväl» (em sueco). Södermanlands Nyheter, SN. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  3. «Lär känna Annika Bengtzon – Del 1» (em sueco). Piratförlaget. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  4. «Annika Bengtzon» (em sueco). Adlibris. Consultado em 10 de agosto de 2013 [ligação inativa]

Ver também[editar | editar código-fonte]