António Ricardo Graça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

António Ricardo Graça foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Governador de forma interina na Província de Angola em 1853, tendo sido antecedido por António Sérgio de Sousa e sucedido por Miguel Ximenes Gomes Rodrigues Sandoval de Castro e Viegas, Visconde do Pinheiro.[1][2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rulers.org - Angola
  2. worldstatesmen.org - Angola
  3. African States and Rulers, John Stewart, McFarland