Apeú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Apeú surgiu com a construção da Estrada de Ferro Belém - Bragança, onde em 1885 os trilhos chegaram ao povoado do Apeú. Hoje é considerada uma vila distrital da cidade de Castanhal, no estado do Pará. Mais conhecida como Vila do Apeú, e reconhecida pelos correios como um bairro, esse lugar cresce aos poucos, devido a sua localização e atrativos turísticos como: O Balneário do Rio Apeú, as margens do rio com mesma denominação, do Carnapeú, evento carnavalesco que atrai milhares de pessoas a vila e da Grande Romaria de Nossa Senhora de Nazaré, comemorado no terceiro Domingo de Outubro, levando dezena de milhares de romeiros em procissão acompanhando a imagem até a igreja de Nossa Senhora de Nazaré, na Vila do Apeú. Sendo considerado a segunda maior romaria do Estado do Pará.

A vila do Apeú possui atualmente população estimada em 12.000 habitantes e sua população vive basicamente do trabalho em fábricas que se localizam as proximidades da vila, no comércio de castanhal e também da agricultura. Apeú significa, em língua tupi, o caminho das águas de ouro, ou seja, das flores amarelas em abundância pelo rio, expressão essa que os índios usavam para orientar os colonizadores.

O IBGE faz menção à chegada da estrada de ferro Belém - Bragança, conforme pode ser visto em: https://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=150240

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.