Aprendizagem experiencial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aprendizagem experiencial é um método de aprendizagem baseado na "reflexão sobre o que se faz".[1] Distingui-se de métodos de aprendizagem por memorização e didáticos por atribuir ao aprendiz um papel comparativamente menos passivo[2] e está relacionada, mas não se confunde, com outras formas de aprendizagem ativa como action learning, aprendizagem de aventura e aprendizagem cooperativa.[3]

Referências

  1. Felicia, Patrick (2011). Handbook of Research on Improving Learning and Motivation. [S.l.: s.n.] p. 1003. ISBN 1609604962 
  2. Beard, Colin (2010). The Experiential Learning Toolkit: Blending Practice with Concepts. [S.l.: s.n.] p. 20. ISBN 9780749459345 
  3. Itin, C. M. (1999). Reasserting the Philosophy of Experiential Education as a Vehicle for Change in the 21st Century. The Journal of Physical Education 22(2), p. 91-98.