Archaeoglobus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaArchaeoglobus
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Archaea
Filo: Euryarchaeota
Classe: Archaeoglobi
Ordem: Archaeglobales
Família: Archaeoglobaceae
Género: Archaeoglobus
Stetter 1988
Espécies
A. fulgidus Stetter et al. 1988

A. profundus Burggraf et al. 1990

Archaeoglobus é um género de microorganismos hipertermófilos do domínio Archaea. É composto por duas espécies, A. fulgidus e A. profundus que foram isoladas de fontes hidrotermais. Archaeoglobus pode-se também encontrar em jazidas de petróleo a alta temperatura onde pode contribuir para a decomposição do petróleo. O crescimento óptimo destes organismos dá-se a aproximadamente 83 °C.

Metabolicamente, Archaeoglobus é uma archaea reducora de sulfato (a sulfeto), acoplando esta redução à oxidação de diversas fontes orgânicas de carbono, incluindo polímeros complexos. Também pode viver quimiolitoautotroficamente unindo a oxidação de tiossulfato à redução do gás hidrogénio. Archaeoglobus é dos únicos organismos capazes da redução do sulfato, com a excepção das tradicionais bactérias redutoras de sulfato.

Intrigantemente, a sequenciação completa do genoma de A. fulgidus (Klenk, 1997) revelou a presença de um sistema quase completo de genes para a metanogénese. A função de estes genes em A. fulgidus é ainda desconhecida, ainda que a carência da enzima metil-CoM reductase no permita que a metanogénese ocorra por um mecanismo similar ao encontrado em outros metanogénicos.

Referências

  • Klenk et al., (1997). «The complete genome sequence of the hyperthermophilic, sulphate-reducing archaeon Archaeoglobus fulgidus». Nature. 390: 364-370  [1]
  • Madigan, M.T. and Martinko, J.M. (2005). Brock Biology of Microorganisms, 11th Ed. [S.l.]: Pearson Prentice Hall