Arco da Vila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Arco da Vila
GovernoCivilFaro.JPG
Apresentação
Tipo
Estatuto patrimonial
Monumento Nacional (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

O Arco da Vila é um monumento na cidade de Faro, na região do Algarve, em Portugal.

Está classificado como Monumento Nacional desde 1910.[1]

Descrição e história[editar | editar código-fonte]

Consiste num notável arco triunfal de colunas jónicas a suportar a arquitrave, do qual se eleva um nicho coroado de frontão triangular.[2]

Foi mandado construir pelo Bispo D. Francisco Gomes do Avelar sobre uma das portas medievais das muralhas (Portas da Rainha), sendo uma obra da responsabilidade do arquitecto genovês Francisco Xavier Fabri, e tendo sido inaugurado em 1812.

Ao centro encontra-se um nicho com imagem de São Tomás de Aquino, de origem italiana. No interior, preserva-se um portal em ferradura das muralhas mouras, único in situ no Algarve. Em obras realizadas em 1992, foi reaberto um portal, em ferradura, que correspondia a uma entrada nas antigas muralhas árabes.

O Arco da Vila é um dos locais da cidade onde habitualmente é possível observar ninhos de cegonhas (ex-libris da cidade).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Lameira, Francisco I. C. Faro Edificações Notáveis. Edição da Câmara Municipal de Faro, 1995.

Referências

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Arco da Vila

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.