Asterotheca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAsterotheca
Ocorrência: Carbonífero até Triássico 359.2–199 Ma
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pteridophyta
Classe: Filicopsida
Ordem: Marattiales
Família: Asterothecaceae
Género: Asterotheca
Espécies
  • A. aspidioides
  • A. candolleana
  • A. daubrei
  • A. hemitelioides
  • A. lamuriana
  • A. miltoni

Asterotheca é um gênero que datam do Permiano. Plantas vascularizadas sem sementes (samambaias ou fetos) e reprodução por esporos. Tinham folhas do tipo frondes. Viviam em ambientes úmidos e pantanosos. Foram abundantes no Permiano.

Localização[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o fóssil de espécie indefinida do gênero Asterotheca, foi localizado em diversos afloramentos da Bacia do Paraná de idade permiana, dentre eles no afloramento Morro Papaléo no município de Mariana Pimentel. Estão na Formação Rio Bonito e datam do Sakmariano, no Permiano.[1]

Notas e referências