Bandeira da República Socialista Soviética do Azerbaijão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira entre 1952–1991

A bandeira da República Socialista Soviética do Azerbaijão foi primeiramente adotada em 1920, sendo uma bandeira vermelha com uma amarela crescente e estrela no canto superior esquerdo.[1]

Do segundo semestre de 1921 a 1922, a RSS do Azerbaijão usou uma bandeira vermelha com os caracteres cirílicos em amarelo ACCP (ASSR). Em 12 de março de 1920, a RSS do Azerbaijão uniu-se com a RSS da Geórgia e a RSS da Armênia, tornando-se a República Socialista Federativa Soviética Transcaucasiana, que novamente se dissolveu nas três repúblicas em 1936.

Em 1937, um foice e martelo dourados foram adicionados no canto superior esquerdo, com os caracteres latim AzSSP abaixo e em fonte serifada no lugar dos caracteres cirílicos. Uma terceira versão foi emitida na década de 1940, e teve AzSSR substituído pela versão cirílica АзССР.[1] A última versão da bandeira foi adotada em 7 de outubro de 1952. Era uma bandeira da União Soviética com uma faixa horizontal azul na quarta parte inferior.[1]

Linha do tempo das bandeiras da RSS do Azerbaijão[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Флаги СССР и республик (Bandeiras da URSS e as Repúblicas)» (em russo). Великая Страна СССР (Grande País URSS). Consultado em 2 de maio de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeiras da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
Flag of the Soviet Union.svg União Soviética

RSS da Armênia | RSS do Azerbaijão | RSS da Bielorrússia | RSS da Estônia | RSS da Geórgia | RSS Cazaque | RSS Quirquiz |
RSS da Letônia | RSS Lituânia | RSS da Moldávia | RSFS da Rússia | RSS Tajique | RSS Turcomena| RSS da Ucrânia | RSS Uzbeque
Bandeiras das repúblicas soviéticas existentes por um breve período: RSS da Abecásia (1921–1931) | RSS Carelo-Finlandesa (1940-1956) | RSFS Transcaucasiana (1922-1936)