Bandeira de Pindamonhangaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira de Pindamonhangaba
Bandeira de Pindamonhangaba
Aplicação
Adoção 6 de julho de 1950
Cores
  Verde
  Amarelo
  Vermelho
  Branco
  Azul escuro
Tipo municipais

A Bandeira de Pindamonhangaba é um dos símbolos oficiais do município de Pindamonhangaba, uma subdivisão do estado de São Paulo. Foi idealizada por uma comissão presidida pelo professor Mário de Assis César e pelos professores Davi de Moura e José Wadie Milad. Foi instituída pela lei n° 55 de 6 de Julho de 1950.


Simbolismo[editar | editar código-fonte]

  • Cores:

O verde e o amarelo, cores da Bandeira Imperial, que simbolizavam perfeitamente a participação de Pindamonhangaba ao Grito do Ipiranga (O pessoal da região apoia com fervor a independência brasileira de portugal).

O vermelho e o branco - sangue e pureza - buscados da Bandeira Paulista, são a epopéia de 1932, na qual tomou heroicamente o dileto filho desta terra general Júlio Salgado, um dos comandantes das forças constitucionalistas. (Representa a luta por uma nova Constituição Federal na época de Getúlio Vargas, a chamada Revolução de 32).

  • Adendos:

As fontes de riqueza do município, oriundas dos três reinos da natureza (animal, vegetal e mineral) perfeitamente representados pelo vermelho, verde e amarelo.

  • Representação heráldica da bandeira:
    • Cruzeiro do sul: Com suas estrelas de prata, diz-nos de nossa origem cristã, trazendo ainda no topo a estrela que, no auriverde pavilhão representa o glorioso Estado de São Paulo.
    • Faixa branca, interrompida no centro pelo céu azul, aquele lindo céu da noite estrelada da emancipação política (10 de julho de 1705), simboliza os dois rios ligados geográfica e historicamente à terra de Bicudo Leme: o Paraíba e o Ipiranga.
    • Diadema de ouro, mostra-nos o título de nobreza: "Princesa do Norte", que nos foi legado pelos nossos antepassados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]