Barão Samedi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Veve de Baron Samedi.
Descrição de Barão Samedi.
A cruz de Baron Samedi no cemitério em Porto Príncipe, Haiti.

No voodoo e vodou haitiano, Baron Samedi é um dos aspectos do Baron, um dos Loa.[1] Ele é um loa dos mortos, junto com inúmeras outras encarnações do Barão, Baron Cimetière, Baron La Croix e Baron Kriminel.[2] Trata-se de um espírito muito temido ou Loa na religião vodou haitiano.[3] Ele é concebido como um assassino que foi condenado à morte, sendo chamado a pronunciar-se em julgamentos rápidos.[4][5]

Baron Samedi é usualmente descrito com um chapéu branco, terno preto, óculos escuros, e algodão tampando as narinas, semelhante a um cadáver vestido e preparado para o enterro no estilo haitiano. Ele tem a cara freqüentemente parecida a uma caveira branca (ou de fato tem uma caveira como cara) e fala com uma voz nasal. Ele é o cabeça da Guédé família de Loa, ou um aspecto deles, ou possivelmente o seu pai espiritual. Sua esposa é a loa Maman Brigitte. 'Samedi' significa 'sábado' em francês, embora haja etimologia alternativa.[6]

Baron Samedi fica de pé nos cruzamentos, onde as almas dos humanos mortos passem a caminho de Guinee.[5] Bem como sendo o loa sábio da morte, ele é um loa sexual, freqüentemente representado por símbolos fálicos e famoso pela perturbação, obscenidade, deboche, e tendo uma predileção especial para o tabaco e o rum. Além disso, ele é o loa do sexo e ressurreição, e nesta última capacidade que ele muitas vezes é invocado por aqueles que estão perto da morte ou a morte se aproxima, para cicatrização, já que é apenas o Barão que aceita um indivíduo no reino dos mortos. Ele é considerado um juiz sábio e um mágico poderoso.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Lwa». www.ezilikonnen.com (em inglês). Ezilikonnen - Gade Nou Leve Society (salvo em Wayback Machine). Consultado em 3 de junho de 2019 
  2. «Baron Samedi, Haitian Loa and Voodoo – article». HORRORPEDIA (em inglês). 15 de outubro de 2013. Consultado em 22 de abril de 2018 
  3. «The Ancestral Lwa - Baron, Maman Brigitte, And The Lwa Ghede.». www.meta-religion.com (em inglês). Meta Religion - Multidisciplinary View of the Religious, Spiritual and Esoteric Phenomena. Consultado em 23 de abril de 2018 
  4. «Everything you need to know about Voodoo's most important couple». Life Death Prizes (em inglês). 8 de março de 2016. Consultado em 23 de abril de 2018 
  5. a b «Baron Criminel». supernaturalcreatures.org (em inglês). Supernatural Creatures Mythological. Consultado em 25 de abril de 2018 
  6. a b «The Dead: Baron, Brijit and Gede». www.ezilikonnen.com (em inglês). Ezilikonnen - Gade Nou Leve Society (salvo em Wayback Machine). Consultado em 3 de junho de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Voodoo: Search for the Spirit. Laennec Hurbon. Harry N. Abrams, Inc. 1995. "Ghede"
  • A Dictionary of World Mythology. Arthur Cotterell. Oxford University Press, 1997. "Vodou".
  • The Voodoo Gods. Maya Deren. Granada Publishing Limited 1975.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]