Bastão de selfie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Repórter usa bastão de selfie em vez de câmera em entrevista, com intuito de inovar e reduzir equipe.

Um bastão de selfie[1][nota 1] é uma haste extensora utilizada para a obtenção de fotos do tipo selfie com um maior ângulo de abrangência, permitindo que mais de uma pessoa possa aparecer numa única foto. Tal haste assemelha-se a um monopé fotográfico. A maioria dos bastões de selfies são compatíveis com os sistemas Android e iOS. Normalmente a conexão é feita por Bluetooth, mas em outros casos pode ser feita por cabo USB.

Tais bastões ganharam bastante popularidade no ano de 2014 no Brasil e no mundo, levando a revista Time a nomeá-lo como «uma das maiores invenções de 2014».[1]

Origens[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser um recurso que se tornou bastante popular a partir do ano de 2014, existem registros do uso de objetos análogos que remontam a 1926, quando o britânico Arnold Hogg, na ocasião de seu próprio casamento, fez um autorretrato com sua mulher, Helen Hogg, utilizando uma espécie de bastão de selfie.[3][1]

Uso público restrito[editar | editar código-fonte]

Apesar da popularização, em alguns países o uso do objeto chegou a ser proibido. Na Coreia do Sul, por exemplo, quem for pego usando-o poderá ser condenado até três anos de cadeia e pagar uma multa de 27 mil dólares.[4] Nos Estados Unidos o uso foi proibido em várias atrações públicas, como o MoMA e o Museu Smithsonian, em virtude de «ameaça à segurança», já que alegadamente poderiam danificar obras de arte ou ferir pessoas.[5]

No Brasil seu uso foi proibido pelo Tribunal Superior Eleitoral durante votações, também sob pena de prisão ou multa de até 16 mil reais, já que se trata de um crime eleitoral.[6] Apesar de ter a princípio o uso também proibido em aeronaves brasileiras, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou os passageiros a levarem tais bastões retráteis em suas bagagens de mão, contanto que o acessório tenha peso máximo de 5kg e a soma das dimensões (comprimento mais largura mais altura) não ultrapasse 115cm.[7] Há ainda a opção de enviá-lo pela mala despachada na esteira.[7]

A haste flexível também foi banida em locais ou eventos do Reino Unido, da França e da Espanha, entre outros países.[8]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Outras denominações usadas são haste extensora para selfie, vara de selfie, bastão extensível para selfie ou ainda pau de selfie,[2] este último uso, embora popular, incorreto por não se tratar de objeto de madeira.

Referências

  1. a b c Da redação (24 de dezembro de 2014). «Fotografia de 1926 mostra casal usando 'bastão de selfie'». Portal G1. Consultado em 12 de abril de 2015 
  2. Felipe Souza (18 de janeiro de 2015). «Ibirapuera irá abrigar encontro de adeptos do 'pau de selfie'». Folha de S.Paulo – Cotidiano. Consultado em 12 de abril de 2015 
  3. Da redação (24 de dezembro de 2014). «Foto antiga mostra que «bastão de selfie» já era usado em 1926». UOL – Tecnologia. Consultado em 12 de abril de 2015 
  4. Rose Buchanan (24 de novembro de 2014). «South Korean authorities ban selfie sticks». The Independent. Consultado em 12 de abril de 2015 
  5. Soo Kim (10 de fevereiro de 2015). «Selfie sticks banned at US attractions». Telegraph – Travel. Consultado em 12 de abril de 2015 
  6. Emanuelle Brasil (24 de outubro de 2014). «TSE proíbe selfie nas urnas e prevê prisão e multa para infratores». Câmara Notícias – Câmara dos Deputados. Consultado em 12 de abril de 2015 
  7. a b Da redação (27 de janeiro de 2015). «ANAC autoriza transporte de bastão de selfie na bagagem de mão». Portal do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Consultado em 12 de abril de 2015 
  8. Laura Entis (10 de abril de 2015). «The Places Where Selfie Sticks Are Banned». Entrepreneur Media. Consultado em 12 de abril de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bastão de selfie
Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.