Batalha de Djerba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A batalha de Djerba (em espanhol: batalla de Los Gelves) ocorreu entre 9 e 14 de maio de 1560, ao largo da ilha de Djerba, no que é atualmente o sul da Tunísia. Os otomanos foram comandados por Piale Paxá e Turgut Reis contra uma força naval cristã, constituída maioritariamente por forças espanholas, mas também napolitanas, sicilianas e maltesas. O resultado foi favorável aos otomanos; os europeus perderam quase metade de suas forças navais.[1] [2]

A frota cristã estava sob o comando de Giovanni Andrea Doria, sobrinho do almirante genovês Andrea Doria.[3]

Referências

  1. [ligação inativa]«Ted Thornton's History of the Middle East Database» (em inglês). 
  2. Bono, Salvatore (2000). Les corsaires en Méditerranée (em francês) (Paris: Paris-Méditerranée). p. 158. ISBN 9782842720452. 
  3. « Giovanni Andrea Doria». Dizionario Biografico degli Italiani - Volume 41 (1992) (em italiano). Enciclopedia Italiana Tracani. Consultado em 22 de dezembro de 2013. 


Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.