Bauret

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Bauret ou baurete é uma gíria que significa cigarro de maconha. Foi criada pelos hippies, no final dos anos 60. O movimento hippie tinha uma cultura muito própria. Um estilo de vida, um modo de ser, se comunicar e se vestir, além de hábitos e costumes bem específicos. O consumo de drogas era um desses hábitos. Como fumar maconha é ilegal, foi criada essa palavra para servir de código. Com o tempo, a palavra foi se popularizando e acabou sendo adotada por outros grupos sociais como surfistas e artistas. O termo começou a se tornar popular quando em 1972 a banda Os Mutantes lançou o álbum Mutantes e Seus Cometas no País do Baurets. O cantor Tim Maia foi um dos artistas que adotou essa palavra para designar um cigarro de maconha.[1][2] A banda de rock psicodélico La Morsa lançou um disco chamado Habemvs Bavrets escrito numa grafia que busca fazer um trocadilho com o latim.

Referências

  1. Bryan, Guilherme (28 de setembro de 2012). «Vale tudo nos 70 anos de Tim Maia». Rolling Stone Brasil. Consultado em 7 de março de 2013 
  2. Bressane, Ronaldo (29 de dezembro de 2007). «Entre o caminho do zen e o caminho do bauret». Impostor. Consultado em 7 de março de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.