Beijinho Doce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

"Beijinho Doce" é uma canção composta por João Alves dos Santos, o popular Nhô Pai (1912–1988), que foi gravada pela primeira vez em 1945 pelas Irmãs Castro, dupla formada por Maria de Jesus Castro e Lourdes Amaral Castro. A gravação das irmãs obteve relativo sucesso[1], mas somente em 1951, com o filme Aviso Aos Navegantes, a canção passa a ser conhecida nacionalmente nas vozes de Adelaide Chiozzo e Eliana Macedo, grandes estrelas da Atlântida Cinematográfica.

A canção já teve inúmeras gravações e também foi sucesso nas vozes das Irmãs Galvão, Duo Ciriema e da cantora Nalva Aguiar. Em 2008, foi tema das personagens Flora e Donatella, que formavam a dupla sertaneja Faísca e Espoleta, na novela da Rede Globo, A Favorita. Embora não tenha feito parte da trilha sonora da novela lançada em CD, a música fez grande sucesso entre os telespectadores.

Referências

  1. G1 (27 de junho de 2018). «Cantora Wanderléa apresenta no Recife musical sobre a década de 1960». Consultado em 23 de julho de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.