Benevolent Dictator for Life

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Benevolent Dictator for Life é uma expressão da língua inglesa (em português, Ditador Benevolente Vitalício) que, na comunidade de software livre, designa aquele que cria um projeto e que deve ter a palavra final sobre ele, numa discussão da comunidade. O termo é inspirado na série Monty Python e foi introduzido na comunidade de software livre por Guido van Rossum, criador da linguagem de programação Python.

Um Benevolent Dictator for Life não é um ditador na concepção exata da palavra, mas aquele que, por ser o criador do projeto, tem o dever de tomar decisões sobre os rumos dados à sua criatura.

BDFLs[editar | editar código-fonte]

References[editar | editar código-fonte]

  1. Mark Lutz e David Ascher Learning Python 2ª Edição. Sebastopol: O'Reilly & Assoc., 2003. ISBN 0-596-00281-5. pp. 11--12.
  2. «The Slackware Linux Project: About This Site» 
  3. «Larry Wall: Perl's Benevolent Dictator»