Bifurcação fluvial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bifurcação dos rios Else e Hase, próximo de Melle, Alemanha.

Bifurcação fluvial (do latim furca = forca) ou difluência é a designação dada às situações em que um curso de água se divide em mais do que um canal, criando cursos de água distributários do curso de água original. Neste contexto, uma bifurcação é o oposto hidrológico de uma confluência, razão pela qual é por vezes designada uma difluência, ocupando os distributários posição hidrológica inversa à dos afluentes ou tributários. As bifurcações são comuns em sistemas deltaicos e em áreas onde os cursos de água atravessam extensas zonas aplanadas, em geral pantanosas. A bifurcação pode também ter origem antropogénica, isto é ser um artifício resultante da actividade humana, deliberado ou não.

Exemplos de bifurcações:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]