BigTable

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O 'BigTable' é um banco de dados orientado a colunas criado pelo Google e usado pelo GFS (Google File System) para gerenciar Petabyte de informações. É composto por blocos de 64 megabytes, onde os dados inseridos já entram indexados, tornando assim mais rápida a consulta aos dados. É um banco extremamente escalável e tolerante a falhas. Também pode ser usado MapReduce para distribuir o processamento dos dados.

Claud Bigtable é o serviço de banco de dados NoSQL Big Data do Google. É o mesmo banco de dados que alimenta muitos serviços principais do Google, incluindo pesquisa, o Google Analytics, Maps e Gmail.

Bigtable é projetado para lidar com cargas de trabalho em massa na baixa latência consistente e de alto rendimento, por isso é uma excelente escolha para aplicações operacionais e analíticos, incluindo a Internet das coisas, análises de usuários e análise de dados financeiros. https://cloud.google.com/bigtable/

Descrição minuciosa do funcionamento interno do Google BigTable permitiu que outras organizações e equipes de desenvolvimento de código aberto criassem derivados Bigtable, incluindo o banco de dados Apache HBase, que é feito para rodar sobre o Hadoop Distributed File System (HDFS). Outros exemplos incluem Cassandra , que se originou no Facebook Inc., e Hypertable, uma tecnologia de código aberto que é comercializado em uma versão comercial como uma alternativa para HBase. http://searchdatamanagement.techtarget.com/definition/Google-BigTable