Bolívar Lamounier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bolívar Lamounier
Nascimento 25 de abril de 1943 (74 anos)
Dores do Indaiá
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Sociólogo e cientista político
Principais trabalhos Tribunos, profetas e sacerdotes – intelectuais e ideologias no século XX
Prémios Prêmio ABL de História e Ciências Sociais (2015)

Bolívar Lamounier (Dores do Indaiá, 25 de abril de 1943[1]) é um sociólogo e cientista político brasileiro que foi o primeiro diretor-presidente do IDESP (Instituto de Estudos Econômicos, Sociais e Políticos de São Paulo), escrevendo freqüentemente para os mais importantes veículos da imprensa brasileira. No ano de 1997 foi eleito para a Academia Paulista de Letras[2], sendo autor de numerosos estudos de Ciência Política publicados no Brasil

Formação[editar | editar código-fonte]

Bacharel em Sociologia e Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1964 e Doutor em Ciência Política pela Universidade da Califórnia, Los Angeles (1974).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi membro da Comissão Provisória de Estudos Constitucionais (“Comissão Afonso Arinos”) nomeada pela Presidência da República em 1985 para preparar o anteprojeto da Constituição. Coordenou o programa de estudos sobre a revisão constitucional do Instituto de Estudos Avançados da USP entre 1992 e 1993. Integrou o COPS (Conselho de Orientação Política e Social) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo entre 1989 e 2001. Presidiu o Conselho Diretor do CESOP – Centro de Estudos de Opinião Pública – da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, de 1993 a 1999. Em 1997 foi eleito para a Academia Paulista de Letras. É autor de numerosos estudos de Ciência Política publicados no Brasil e no exterior[3][4].

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Os Partidos e as Eleições no Brasil (Editora Paz e Terra, 1975), co-autoria com Fernando Henrique Cardoso[5];
  • Democracy and Economic Reform in Brazil, co-autoria com Edmar Bacha, incluído no volume Precarious Balance: Democracy and Economic Reform in Latin America and East Europe ,organizado por Joan Nelson e publicado pelo Overseas Development Council (Washington DC,1994);
  • E no Entanto se Move: Formação e Evolução do Estado Democrático no Brasil,1930-1994, ensaio incluído no volume 50 ANOS DE BRASIL, preparado para a comemoração do cinquentenário da Fundação Getúlio Vargas (Editora da FGV,1994), com prefácio de Mário Henrique Simonsen;
  • Brazil: Inequality against Democracy, ensaio incluído no volume Democracy in Developing Nations, editado por Larry Diamond,Jonathan Hartlyn, Juan Linz e Seymour Martin Lipset (Boulder, Colorado: Lyne Rienner Publishers,1990); second edition, 1999;
  • A Democracia Brasileira no Limiar do Século XXI, também publicado pela Fundação Konrad-Adenauer, São Paulo, em 1995;
  • (organizador) Brasil e África do Sul : Uma Comparação (Editora Sumaré, São Paulo,1996);
  • Rui Barbosa e a Construção Institucional da Democracia Brasileira (Rio de Janeiro : Editora Nova Fronteira e Fundação Casa de Rui Barbosa, 1999);
  • (em co-autoria com Amaury de Souza) A Classe Média Brasileira: ambições, valores e projetos de sociedade. . São Paulo: Companhia das Letras, 2016;
  • Tribunais, Profetas e Sacerdotes: intelectuais e ideologias no século XX. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009;
  • Liberais e Antiliberais: a luta ideológica do nosso tempo. São Paulo: Companhia das Letras, 2016;
  • O Império da Lei: a visão dos advogados sobre a justiça brasileira (E-book). São Paulo: Companhia das Letras, 2016;

Referências

  1. Waldemar de Almeida Barbosa - o historiador, de Ozório Couto, 2008, página 332. ADI Edições.
  2. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.academiapaulistadeletras.org.br 
  3. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.augurium.com.br 
  4. «Título ainda não informado (favor adicionar)». epoca.globo.com 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.anpocs.org 


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Bolívar Lamounier