Bolsa do Povo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Logotipo do Programa Bolsa do Povo.png

O Programa Bolsa do Povo "PBP" (pronúncia em português: [bˈolsɐ du pˈovu] Loudspeaker.svg? pronúncia) é um programa de assistência social lançado em 7 de abril de 2021[1] pelo Governo do estado de São Paulo, instituído pela Lei n°17.372 e operado pela Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo.[2]

Benefícios Iniciais[3][editar | editar código-fonte]

  • Auxílio Moradia;
  • Ação Jovem;
  • Bolsa Empreendedor;
  • Bolsa Trabalho;
  • Renda Cidadã;
  • SP Acolhe;
  • Vale-Gás.
Governantes anunciando o Bolsa do Povo Empreendedor.

Benefícios[2][editar | editar código-fonte]

  • Acolhe Saúde;
  • Auxílio Moradia;
  • Ação Jovem;
  • Bolsa Empreendedor;
  • Bolsa Talento Esportivo;
  • Bolsa Trabalho;
  • Centro Paula Souza;
  • CPS;
  • Educação;
  • Novotec Expresso;
  • Prospera Família;
  • Prospera Jovem;
  • Renda Cidadã;
  • SP Acolhe;
  • Vale-Gás;
  • Via Rápida;
  • VidAtiva;
  • Viva Leite.
João Doria segurando cartão do Programa Bolsa do Povo.

Anunciação do Cartão do PBP[editar | editar código-fonte]

11 de fevereiro de 2021 foi a data em que o Cartão do PBP foi anunciado por João Doria.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «SP anuncia 'Bolsa do Povo', que pretende pagar até R$ 500 a famílias». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  2. a b «Bolsa do Povo». Bolsa do Povo. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  3. «Bolsa do Povo: Tudo sobre este programa | Educação Financeira». www.serasa.com.br. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  4. Portal, Redação (8 de novembro de 2021). «O que é necessário para ter o novo Cartão do Bolsa do Povo?». Mix Vale. Consultado em 6 de agosto de 2022 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.