Bomba de hidreto de urânio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A bomba de hidreto de urânio foi uma variante da bomba atómica, sugerida inicialmente por Robert Oppenheimer em 1939 e defendida e testada por Edward Teller.[1] Viria a utilizar deutério (um isótopo do hidrogénio) como moderador nuclear num composto de 235U-deutério. A reacção em cadeia de fissão nuclear seria então de fissão neutrónica lenta (ver Temperatura neutrónica). A eficiência da bomba é afectada muito adversamente pelo abrandamento dos neutrões, já que dá mais tempo ao núcleo da bomba para explodir.

Sabe-se que foram testadas duas bombas de hidreto de urânio, baptizadas como Ruth e Ray. Ambas foram explosões de teste inseridas na Operação Upshot-Knothole, e tiveram potências de cerca de 200 toneladas de TNT. Ambos os testes foram considerados fiascos.[1] [2] Todos os outros testes nucleares tiveram por base esquemas de neutrões rápidos.

Referências

  1. a b Operation Upshot-Knothole
  2. W48 - globalsecurity.org
Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.