Borda d'Água

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a publicação anual almanaque Borda d'Água. Para Borda d'Água, livro de BD de Miguel Rocha, veja Miguel Rocha. Para Borda d'Água, programa de rádio da RDP Antena 3, veja Antena 3. Para Borda d'Água, designação tradicional da região ribatejana, veja Ribatejo.

Borda d'Água é um almanaque português publicado anualmente desde 1929 pela Editorial Minerva, continua a ser impresso numa tipografia tradicional e a manter a mesma linha editorial desde a sua fundação.
Sendo uma das mais antigas publicações periódicas em Portugal, continua a ser um enormíssimo sucesso de vendas. Apresentando-se como "reportório útil a toda a gente", o almanaque apresenta prognósticos para o ano, conselhos práticos baseados na sabedoria popular (provérbios, mezinhas, etc.), na ciência e na astrologia; previsões meteorológicas, previsões para a agricultura, épocas de sementeiras e outros trabalhos agrícolas, fases da lua, informação sobre o mar e as marés, calendário, efemérides, etc.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Miguel Esteves Cardoso descreve assim em 1986 o Borda d'Água: "Com uma tiragem de 50 000 exemplares, vendidos ao preço convidativo de 30$00, o Almanaque "Borda d'Água" é uma instituição portuguesa que se autodescreve, legitimamente, como "repertório útil a toda a gente". São 16 páginas cheias de informações sem as quais não se imagina ser possível sobreviver. "[1]

Referências

  1. Cardoso, M. E. (1986). A Causa das Coisas, 16ª Edição, Assírio e Alvim.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]