Bruno Koschmider

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bruno Koschmider

Bruno Koschmider (Danzig, atual Gdańsk, 1926Hamburgo, 2000) foi um empresário alemão mais conhecido por ter contratado os Beatles no início da década de 1960. Ele teve vários negócios, tais como o Bambi Kino, uma sala de cinema, e os clubes Indra e Kaiserkeller.[1]

The Beatles[editar | editar código-fonte]

Allan Williams agendou apresentações para os Beatles (em maio de 1960) no clube Indra, também pertencente a Koschmider.[2][3] Os Beatles primeiramente tocaram no clube Indra[3] - dormindo em quartos pequenos e sujos no Bambi Kino,[3] mudando-se dali (após o fechamento do Indra) para o Kaiserkeller, de maior porte.[3][4] Em outubro de 1960, eles deixaram esse clube e passaram a se apresentar no "Top Ten Club",[3][5] que era gerido por Peter Eckhorn.[6] Quando Paul McCartney e Pete Best voltaram ao Bambi Kino para pegar seus pertences eles encontraram o lugar em total escuridão.[7] Pregando um preservativo em uma parede e ateando-lhe fogo permitiu que McCartney e Best tivessem uma fonte de luz, usada para localizar os pertences.[8] Não houve danos reais, mas Koschmider os denunciou à polícia por incêndio criminoso. McCartney e Best passaram três horas numa carceragem, sendo em seguida deportados, assim como também o foi George Harrison, por ter trabalhado abaixo da idade legal mínima.[9]

Referências

  1. Deutsche Welle (18 de agosto de 2010). «Há 50 anos, Beatles iniciavam em Hamburgo fase que antecedeu o fenômeno». UOL. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  2. Miles. p56.
  3. a b c d e Photos of Clubs in Hamburg
  4. Miles. pp57-8.
  5. Cynthia Lennon “John”. p93.
  6. Miles. pp71-72.
  7. Miles. p72.
  8. Spitz pg.230
  9. Miles. pp72-73.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]