Célula piramidal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um neurônio piramidal de um neocórtex humano visualizado usando a técnica de Golgi. Note o dendrito apical estendendo-se verticalmente sobre o soma e os numerosos dendritos basais irradiando-se lateralmente a partir da base do corpo celular.
Uma célula piramidal de um córtex humano.

Neurônio piramidal (célula piramidal) é um tipo de neurônio encontrado em áreas do cérebro[1] tais como: córtex cerebral, hipocampo e amígdala. O neurônio piramidal é o principal neurônio excitatório do córtex cerebral, sendo ele o tipo mais abundante e também, a principal referência cortical. Células piramidais foram descobertas e estudadas pelo histologista Santiago Ramón y Cajal.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

O neurônio piramidal é composto por um soma, ou corpo celular, com forma triangular, um único axônio, um dendrito apical longo e múltiplos dendritos basais. Possui, também, espinhas dendríticas.[2]

São os maiores neurônios o cérebro, em ambos humanos e roedores, os somas medem por volta de 20 μm em comprimento. Os dendritos piramidais normalmente variam em diâmetro de meio micrômetro até alguns micrômetros e em comprimento um único dendrito mede normalmente várias centenas de micrômetros. Devido à ramificação o comprimento total das células pode chegar a alguns centímetros. O axônio pode ser ainda maior e extensivamente ramificado chegando à vários centímetros em comprimento total.

Dendrito apical[editar | editar código-fonte]

É um dendrito que surge no ápice do soma piramidal da célula. É um único e grosso dendrito que se ramifica diversas vezes conforme a distancia do soma aumenta.[3]

Dendrito basal[editar | editar código-fonte]

O dendritos basais surgem da base do soma piramidal da célula. A "árvore" de dendritos basais consiste de cinco a três dendritos primários que se ramificam abundantemente a medida com a qual se[3]



Referências

  1. Human brain mapped in unprecedented detail
  2. Kasper, Ekkehard M.; et al. (1944). «Pyramidal neurons in layer 5 of the rat visual cortex. I. Correlation among cell morphology, intrinsic electrophysiological properties, and axon targets.». Journal of Comparative Neurology. 339 (4): 459-474 
  3. a b Megı́as, M; Zs (5 de fevereiro de 2001). «Total number and distribution of inhibitory and excitatory synapses on hippocampal CA1 pyramidal cells». Neuroscience. 102 (3): 527-540. doi:10.1016/S0306-4522(00)00496-6 


Ícone de esboço Este artigo sobre Neuroanatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.