Célula somática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Células somáticas (do grego σωματικός: sōmatikós, significado: corporal)[1] são quaisquer células responsáveis pela formação de tecidos e órgãos em organismos multicelulares[2]. Esta classificação engloba todas as células diplóides do corpo humano (inclusive aquelas que não formam tecidos, como as células imunológicas), que se replicam apenas por processo de mitose e que, portanto, não estão envolvidas diretamente na reprodução[3] (ver células germinativas).

As células somáticas fazem parte da constituição do leite de vaca e pode ser indicativo de problemas na produção de leiteira, já que a legislação brasileira determina o limite de até 1.000.000 (Um milhão) de células somáticas por ml de leite. A indústria analisou mais de 5.000 produtores brasileiros nos últimos cinco anos (de 2008 à 2012), e a contagem de células somáticas (CCS) no leite se elevou durante este período. Em 2011, 1/4 da produção nacional estava além do número permitido.[4]

Referências

  1. Wikipedia. «Sōmatikós». Wiktionary. Consultado em 10 de maio de 2015. 
  2. "Célula somática" no Glossário de termos da biotecnologia, do site biotecpragalera.org.br acessado a 7 de junho de 2009
  3. «Mitosis, Meiosis, and Inheritance». Nature Education. 2008. Consultado em 10 de maio de 2015. 
  4. Cassoli, Laerte (27 de julho de 2012). «Uma pergunta simples: A qualidade do leite tem melhorado nos últimos anos?». Consultado em 28 de junho de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.