CADUCEUS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o símbolo hermético, veja Caduceu.
CADUCEUS
Desenvolvedor Harry Pople
Lançamento anos 80
Gênero(s) Inteligência artificial

CADUCEUS foi um sistema especialista médico para diagnose de medicina interna.[1] Foi terminado em meados dos anos 1980 (primeiramente começou na década de 1970- mas levou muito tempo para construir a Base de Conhecimento) por Harry Pople (da Universidade de Pittsburgh), com base nos anos de entrevistas de Pople com o Dr. Jack Meyers, um dos principais diagnosticadores na área de medicina interna e um professor da Universidade de Pittsburgh.

Sua motivação foi a intenção de melhorar o MYCIN - que focava sobre bacterias infecciosas do sangue - de se concentrar em questões mais abrangentes do que um campo estreito como o do envenenamento do sangue (embora fosse fazê-lo de forma similar); em vez disso abrangendo toda a medicina interna. CADUCEUS, eventualmente, poderia diagnosticar até 1000 doenças diferentes.

Enquanto o CADUCEUS trabalhava usando um motor de inferência semelhante ao MYCIN, ele tinha uma série de mudanças (como a incorporação de raciocínio abdutivo) para lidar com a complexidade adicional de medicina-interna - poderia haver uma série de doenças em simultâneo, e os dados eram escassos e geralmente falhos. O INTERNIST/CADUCEUS usava um grafo acíclico direcionado que representava as relações de causalidade entre variáveis.[2]

O CADUCEUS tem sido descrito como o sistema especialista "de maior conhecimento intensivo existente".[3]

Referências

  1. NOYES, James L. (1992). Artificial Intelligence with Common Lisp. Fundamentals of Symbolic and Numeric Processing (Lexxington, Massachusetts: D. C. Heath). p. 311. ISBN 0-669-19473-5. 
  2. RICH, Elaine; KNIGHT, Kevin (1994). Inteligência Artificial 2ª ed. (Rio de Janeiro: McGraw-Hill). p. 278. ISBN 85-346-0122-4. 
  3. The Fifth Generation. Edward A. Feigenbaum e Pamela McCorduck. Addison-Wesley, Reading, Ma 01867, 275 Pp. Feb 1, 1984

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]