CT Piauhy (CT-3)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CT Piauhy (CT-3)
CT Piauhy (CT-3).jpg

Marinha do Brasil
Estaleiro Yarrow Shipbuilders[1]
Batimento de Quilha 1908
Lançamento 11 de julho de 1908
Incorporação 31 de dezembro de 1909
Baixa 28 de julho de 1944
Situação desativado
Deslocamento 560 t (padrão), 640 t (plena carga)
Comprimento 73,15 m total
Calado 2,22 de calado (leve) 2,42 m de calado (carregado)
Boca 7,08 m
Propulsão 2 caldeiras Yarrow a vapor e 2 motores de tripla-expansão gerando 8.800 hp.
Combustível carvão, estoque de carvão 140 ton
Velocidade 28 nós (máxima)
Raio de ação 1 600 milhas marítimas a 15 nós.
Armamento 2 canhões de 4 polegadas (102 mm) em dois reparos singelos,
4 canhões de 47 mm e
2 tubos de torpedos simples de 18 polegadas.
Tripulação 104 homens
Classe Pará

O CT Piauhy (CT-3) é um contratorpedeiro da Classe Pará (1909), da Marinha do Brasil.[1]

Foi encomendado em 1906, fazendo parte do Plano Naval daquela época que modernizou a Armada do Brasil. O navio fez parte da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG), que tinha como missão o patrulhamento do Oceano Atlântico, com foco no combate aos submarinos alemães (U-boats) durante a Primeira Guerra Mundial.[2]Durante a Segunda Guerra Mundial participou da defesa do porto do Rio de Janeiro.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

O nome do navio é uma homenagem ao estado brasileiro do Piauhy conforme grafia da época.

Navios da Marinha do Brasil com este nome:

Referências

  1. a b «CT Piauhy - CT 3, Classe Pará». Navios de Guerra Brasileiros. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  2. «Esquadra brasileira na 1ª Guerra Mundial, 1914 a 1918». Naufrágios do Brasil. Consultado em 2 de novembro de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.