CanSino Biologics

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


CanSino Biologics
Criação
Sede social
Quotação
Website


A CanSino Biologics, (chinês simplificado: 康希诺生物), frequentemente abreviada como CanSinoBIO, é uma empresa chinesa de vacinas . [1]

História[editar | editar código-fonte]

A CanSino Biologics foi fundada em 2009 em Tianjin, China por Yu Xuefeng, Zhu Tao, Qiu Dongxu e Helen Mao Huihua. [1]

Em julho de 2018, entrou com um pedido para listar na Bolsa de Valores de Hong Kong. [1] Ela estreou em 28 de março de 2019 com um aumento de 59%, o maior ganho comercial no primeiro dia em Hong Kong desde 2017. [2]

Vacinas[editar | editar código-fonte]

A empresa possui um portfólio de vacinas em fase de pesquisa, incluindo a Ad5-EBOV para prevenir o Ebola e a Ad5-nCoV para o COVID-19 . Ambos são desenvolvidos em conjunto com o Instituto de Biotecnologia da Academia de Ciências Médicas Militares do Exército de Libertação Popular . [1] [3]

A empresa também colaborou com o Conselho Nacional de Pesquisa do Canadá no desenvolvimento de vacinas. As duas organizações começaram a colaborar em 2013 e depois trabalharam juntas para desenvolver uma vacina contra o Ebola. [4]

Vacina covid-19[editar | editar código-fonte]

Em março de 2020, a CanSino fez um acordo para colaborar com o NRC no desenvolvimento do candidato à vacina covid-19 Ad5-nCoV (ou simplesmente vacina CanSino ou também NBGou) para ajudar a controlar a pandemia do COVID-19, com planos de realizar um ensaio clínico no Canadá. [5]

O Ad5-nCoV foi o primeiro candidato a vacina COVID-19 no mundo a iniciar testes em Fase II em humanos e foi a primeira a obter uma patente na China. [4] [6]

Em 01 de fevereiro, a CanSino Biologics anunciou que sua vacina CanSino ou AD5-nCOV havia atingido os critérios de segurança e eficácia primários sem causa eventos adversos graves e que os testes de fase 3 continuariam. [7]

Investidores[editar | editar código-fonte]

Desde 2018 CanSino Biologics investors included Lilly Asia Ventures, Qiming Venture Partners and SDIC Fund Management.[1]

Referências

  1. a b c d e Ng, Eric (25 de julho de 2018). «Chinese vaccine maker CanSino faces tough IPO sell in wake of Changsheng Bio-technology scandal». South China Morning Post. Consultado em 18 de abril de 2020 
  2. Low, Zoe (29 de março de 2019). «Ebola vaccine maker CanSino Biologics has a plan to take its life-saving treatments well beyond China's domestic market». South China Morning Post. Consultado em 18 de abril de 2020 
  3. Pinghui, Zhuang (10 de abril de 2020). «Volunteers needed for second phase of China coronavirus vaccine trial». South China Morning Post. Consultado em 18 de abril de 2020 
  4. a b Canada, National Research Council. «The National Research Council of Canada and CanSino Biologics Inc. announce collaboration to advance vaccine against COVID-19». www.newswire.ca (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2020 
  5. DeArment, Alaric (13 de maio de 2020). «CanSino Biologics/05/start clinical development of Covid-19 vaccine in Canada». MedCity News. Consultado em 19 de maio de 2020 
  6. «康希诺生物 CanSinoBIO». www.cansinotech.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2021 
  7. «CanSino says its COVID-19 vaccine has no serious adverse events, meets efficacy criteria in interim analysis - Global Times». www.globaltimes.cn. Consultado em 1 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]