Exército de Libertação Popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para Grupo paramilitar colombiano, veja Exército Popular de Libertação.
Exército de Libertação Popular da China
人民解放軍
China Emblem PLA.svg
Emblema do Exército de Libertação Popular.
Flag of the People's Liberation Army.svg
Bandeira do Exército de Libertação Popular, em que os caracteres são "8 1", simbolizando o dia 01 de Agosto.
País China
Ramos Ground Force Flag of the People's Republic of China.svg Forças Terrestres
Naval Ensign of China.svg Força naval
Air Force Flag of the People's Republic of China.svg Força Aérea
Idade dos militares 18 a 49 anos de idade
Disponível para o
serviço militar
Homens entre 19 e 49 anos:

654 229 201(2005 est.) homens, idade ,
429 058 000 mulheres, idade 

Apto para o
serviço militar
Homens entre 19 e 49 anos:

472 294 719 (2005 est.) homens, idade ,
350 991 416 mulheres, idade 

Chegando a idade
militar anualmente
Homens: 11 milhões (2005 est.) homens,
10 milhões mulheres
Pessoal ativo 2 035 000 (2018) [1]
Pessoal na reserva 510 000
Despesas
Orçamento US$ 175 bilhões (2018) ()
Percentual do PIB 1,5% (2018)

O Exército de Libertação Popular (chinês tradicional: 人民解放軍, chinês simplificado: 人民解放军) é o conjunto das forças militares da República Popular da China e do Partido Comunista da China. O Exército é composto por cinco braços principais, sendo estes: Forças Terrestres, Força Aérea, Marinha, e ainda a Força de Mísseis Balísticos e a Força de Apoio estratégico. Com 2,3 milhões de militares, é o maior exército do mundo em número de ativos[2] e representa o segundo maior investimento em defesa do planeta.[3]

O Exército atua sob o comando da Comissão Militar Central do Partido. Seu Comandante em chefe é o Dirigente do Comitê Militar Central (geralmente o Secretário-Geral do Partido Comunista da China). O Ministro da Defesa Nacional, que opera sob o Conselho de Estado, não exerce nenhuma autoridade sobre o Exército.

Foi fundado em 1 de Agosto de 1927, sendo o braço militar do Partido Comunista da China. Seu nome original era Exército Vermelho dos Operários e Camponeses da China, ou simplesmente "Exército Vermelho". A insígnia do Exército consiste em estrela vermelha, dispondo os caracteres 八一, contornados por folhas de trigo. A utilização da insígnia é regulada pela Lei Militar de 1984.

Em setembro de 2015, o Dirigente da Comissão Militar Central da República Popular da China, Secretário-Geral do Partido Comunista da China e também Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, anunciou que o efetivo do exército seria diminuído em 300 mil soldados.[4]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IISS 2012, pp. 233–242
  2. «List of countries by number of military and paramilitary personnel». Wikipedia (em inglês). 3 de março de 2019 
  3. «List of countries by military expenditures». Wikipedia (em inglês). 1 de março de 2019 
  4. Edward Wong, Jane Perlez; Chris Buckley (2 de setembro de 2015). «China Announces Cuts of 300,000 Troops at Military Parade Showing Its Might"». The New York Times. Consultado em 27 de janeiro de 2018 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Exército de Salvação Popular
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.