Estudos de ciência, tecnologia e sociedade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os estudos sociais da ciência e da tecnologia, também denominados estudos sobre ciência, tecnologia e sociedade ou estudos de ciência, tecnologia e sociedade (CTS) tratam de como os valores sociais, políticos e culturais afetam a pesquisa científica e a inovação tecnológica, e como estas, ao mesmo tempo, afetam a sociedade, a política e a cultura.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Vários dos avanços da ciência e tecnologia são alicerçadas nas disciplinas de Física, Química e Biologia. Essas disciplinas poderão ficar mais interessantes se envolverem o movimento Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). E o que é CTS? É um movimento iniciado na Europa e EUA que promove a participação democrática das discussões que envolvem Ciência e Tecnologia (C&T), compreendendo melhor que C&T podem gerar impactos positivos e negativos para a vida das pessoas. Para isso, o professor precisa assumir o papel de mediador do conhecimento capaz de mobilizar reflexões com relação as consequências da C&T para a sociedade e vice-versa. Dito de outra forma, mais C&T não significa, obrigatoriamente, maior bem estar para toda a sociedade. O movimento CTS representa uma boa possibilidade de educação científica para um efetivo exercício da cidadania, podendo propiciar adequado posicionamento sobre assuntos de C&T, em meio a uma sociedade cada vez mais complexa. Enfim, uma disciplina de ciências que envolve CTS, pode despertar nos aprendizes uma visão ampliada dos avanços da ciência e da tecnologia, tanto nos benefícios que esse desenvolvimento pode trazer como nas consequências sociais e ambientais que ele pode causar.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ABREU,T.B.; FERNANDES,J.P.; MARTINS,I. Levantamento sobre a Produção CTS no Brasil no Período de 1980-2008 no Campo de Ensino de Ciências.
  • ARAÚJO,M.S.T.; FORMENTON,R. a) Desenvolvimento da Educação Ambiental entre alunos do curso técnico em Automação Industrial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, a partir do enfoque CTS e; b) Fontes Alternativas de Energia Automotiva no Ensino Médio: análise de uma proposta contextualizada de ensino de física em curso técnico.
  • AULER,D. Alfabetização Científico-Tecnológico: um novo "paradigma".
  • DAGNINO,R. As Trajetórias dos Estudos sobre Ciência, Tecnologia e Sociedade e da Política Científica e Tecnológica na Ibero-América.
  • DELIZOICOV,D.; AULER,D. Ciência, Tecnologia e Formação Social do Espaço: questões sobre a não-neutralidade.
  • KRASILCHIK,M; MARANDINO,M. Ensino de ciências e cidadania.
  • SANTOS,J.A. O que é CTS Afinal?.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.