Organização sem fins lucrativos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

As organizações sem fins lucrativos, são organizações de natureza jurídica sem fins de acumulação de capital para o lucro dos seus diretores. Essas organizações, se caracterizam por reunirem diversas pessoas que possuem um mesmo objetivo. Elas não possuem fins lucrativos, e o seu patrimônio é constituído pelos seus associados.[1]

Objetivos das organizações sem fins lucrativos[editar | editar código-fonte]

  • Associações de classe ou de representação de categoria economia ou profissional
  • Instituições religiosas ou que sejam voltas á disseminação de credos
  • Entidades que proporcionam o bem ou serviços a um determinado grupo de associados. Por exemplo: clubes, centro de compras, associações de moradores, etc.
  • Associações com objetivos sociais que, visam o princípio da universalização dos serviços. Por exemplo: promoções de patrimonios históricos, da saúde; preservação do meio ambiente, etc.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Constitui a reunião de diversas pessoas para a obtenção de um fim ideal, podendo este ser alterado pelos associados;
  • Ausência de finalidade lucrativa;
  • O patrimônio é constituído pelos associados ou membros;
  • Reconhecimento de sua personalidade por parte da autoridade competente.

Tipos de organização[editar | editar código-fonte]

Abaixo, alguns dos tipos mais populares de organizações sem fins lucrativos.[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

2. http://lefisc.com.br/materias/2008/342008ir.asp