Sukhoi Su-30

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sukhoi Su-30
Picto infobox Mig 29.png
Su-30 Russo
Descrição
Tipo / Missão Caça
País de origem  Rússia
Fabricante Sukhoi
Primeiro voo em 1989 (27 anos)
Introduzido em 1996
Tripulação 2
Especificações
Dimensões
Comprimento 21,9 m (71,9 ft)
Envergadura 14,7 m (48,2 ft)
Altura 6,36 m (20,9 ft)
Área das asas 62  (667 ft²)
Alongamento 3.5
Peso(s)
Peso vazio 17 700 kg (39 000 lb)
Peso carregado 24 900 kg (54 900 lb)
Peso máx. de decolagem 34 500 kg (76 100 lb)
Propulsão
Motor(es) 2x Saturn/Lyulka AL-31FL turbofans
Performance
Velocidade máxima 2 120 km/h (1 140 kn)
Velocidade máx. em Mach 2.0 Ma
Teto máximo 17 300 m (56 800 ft)


Um Su-30 russo.
Sukhoi SU-30MKI da Força Aérea Indiana

O Sukhoi Su-30, designado Flanker C pela OTAN, é o caça família Flanker mais utilizada hoje em dia. Este caça, com características de vôos em qualquer condição de tempo é uma variante do Su-27, e foi colocado em operação no ano de 1996.[1]

As versões Su-30MK e Su-30Mki foram as versões de maior sucesso comercial da família Flanker C, o Su-30 foi o responsável por introduzir o uso de datalink nas aeronaves russas.[2] [3]

História[editar | editar código-fonte]

Apesar do Su-27 original ter um bom alcance ele não era um caça de defesa aérea nos moldes que a Força de Defesa Aérea Soviética requeria. Assim o interceptador SU-27UB foi selecionado para ser usado como demostrador de novas tecnologias e o sucesso deste demostrador garantiu o desenvolvimento de uma nova versão do Flanker, Su-27PU que posteriormente foi renomeado para Su-30.[4]

A Sukhoi propôs uma variante de exportação do caça, Su-30MK, a sigla "MK" designa "Modernizirovannyi Kommercheskiy" (Comercialização Modernizada). A empresa mostrou pela primeira vez o Su-30MK no show aéreo de Paris no ano de 1993.[5]

Manobrabilidade[editar | editar código-fonte]

A Família Su-27 é conhecida pela sua excelente manobrabilidade, especialmente aqueles caças com empuxo vetorado e Canards. Mesmo tendo grandes dimensões o Su-27 é visto com um dos melhores caças neste quesito. A manobrabilidade é utilizada muitas vezes para salvar a aeronave do ataque de mísseis, porém ressalta-se a necessidade de um intenso e contínuo treinamento, observação esta, apontada por analistas de várias forças aéreas. Alguns analistas argumentam que a famosa manobra conhecida como 'cobra de pugachev' é mais um marketing do que uma vantagem efetiva a ser utilizada em condições reais. As versões do Su-27 são fabricadas em localidades no território da Federação Russa. Na KnAAPO de Komsomolsk-am-Amur na Sibéria, fabricam-se os Su-27, Su-33 e estuda-se a fabricação do Su-35. Na fábrica de Irkutsk, fabricam-se os Su-27UB (bi-lugar), o Su-30MK (bi-lugar) e o Su-30MKi (versão de exportação para a Índia). Já em Novossibirsk são fabricados os Su-34. Porém, esta divisão de produção não é inflexível, pois os Su-30MKV (versão de exportação para a Venezuela) foram fabricados na fábrica de Komsomolsk-am-Amur.[3]

Exportações[editar | editar código-fonte]

SU-30MK[editar | editar código-fonte]

Versão modernizada do Flanker C e com capacidade para misseis ar-terra e até 8 toneladas de armamento. Esta versão pode carregar os mais novos armamentos russos como os misseis ar-ar R-27, R-73 e R-77. A Versão -MK tem alcance de até 3.000 km, sem necessidade de reabastecimento aéreo.

SU-30MKK[editar | editar código-fonte]

Versão criada exclusivamente para a exportação para a China, seu custo é estimado em 35 milhões de dólares, esta versão é diferente da versão criada para a Índia.

SU-30MKI[editar | editar código-fonte]

Versão indiana do Su-30, ele possui capacidade para reabastecimento aéreo e pode ser convertido para versão naval. Esta é considerada a versão mais moderna do caça russo, equipado TVC (Empuxo Vetorado) e Canards foi desenvolvido em conjunto com a Rússia, Índia e com empresas de Israel e França.

Su-30MK2[editar | editar código-fonte]

Esta versão possui capacidade para uso de armas antinavio. Em 2006 a Venezuela comprou 24 unidades desta versão do Su-30.

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

O Su-30 foi produzido em diversas outras versões. São elas :

  • Su-30K
  • Su-30KI
  • Su-30KN
  • Su-30M
  • Su-30MK
  • Su-30M2
  • Su-30MKM
  • Su-30MKV
  • Su-30MK2V
  • Su-30MK3
  • Su-30MKA

[4]

Operadores[editar | editar código-fonte]

Operadores do Su-30
Um Su-30MKA.
Um Su-30SM russo.

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Dimensões
  • Comprimento: 21.935 m
  • Envergadura: 14.7 m
  • Área alar: 62.0
  • Altura: 6.36 m
Pesos
  • Vazio: 17.700 kg
  • Carregado: 24.900 kg
  • Máximo de Decolagem: 34.500 kg
Desempenho
  • Velocidade Máxima: Mach 2.0 (2,120 km/h)
  • Teto Operacional: 17.300 m (56.800 pés)
  • Raio de Ação: 3.000 km
Motores
  • Quantidade e Tipo: 2 x turbofans
  • Marca: Lyulka
  • Modelo: AL-31F
  • Empuxo Unitário: 122,8 kN
Armamento
  • 1 × Canhão GSh-30-1 de 30 mm e 150 disparos

Mísseis Ar-Ar:

  • 6 × R-27ER1 (AA-10C)
  • 2 × R-27ET1 (AA-10D)
  • 6 × R-73E (AA-11)
  • 6 × R-77 RVV-AE(AA-12)

Ar-Terra:

  • 6 × Kh-31P/Kh-31A anti-radar
  • 6 × Kh-29T/L guiado a laser
  • 2 × Kh-59ME

Bombas:

  • 6 × KAB 500KR
  • 3 × KAB-1500KR
  • 8 × FAB-500T
  • 28 × OFAB-250-270

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons