Bimotor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um bimotor é uma aeronave dotada de dois motores.

De modo geral, as aeronaves bimotoras são mais caras, complexas e complicadas de operar e de manter que as aeronaves monomotoras. No entanto, as aeronaves bimotoras oferecem mais flexibilidade para viagens noturnas e para sobrevoar regiões inóspitas e remotas (como florestas e desertos, por exemplo) com mais segurança e tranquilidade, pois no caso de falha de um dos motores a unidade remanescente de propulsão pode manter o voo até uma parada de emergência mais próxima.[1]

Por outro lado, é consenso dentro do meio aeronáutico de que é um equívoco acreditar que o avião bimotor é sempre mais seguro que o avião monomotor em todas as situações, pois o arrasto aerodinâmico provocado pelo motor e hélice ou palhetas inoperantes poderá desestabilizar perigosamente a aeronave bimotora, caso o piloto não esteja adequadamente treinado para embandeirar a hélice e fazer os ajustes de leme necessários para reverter a assimetria gerada na situação de emergência.[2] [3]

No caso da aeronave possuir dois motores turbofans, pode-se chamá-la também de birreator.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Bimotor