Piloto automático

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A página está num processo de expansão ou reestruturação.
Esta página atravessa um processo de expansão ou reestruturação. A informação presente poderá mudar rapidamente, podendo conter erros que estão a ser corrigidos. Todos estão convidados a contribuir e a editar esta página. Caso esta não tenha sido editada durante vários dias, retire esta marcação.

Esta página foi editada pela última vez por Gabrielresendev (D C) 18 dias atrás. (Recarregar)

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de «Autopilot» na Wikipédia em inglês (desde julho de 2015). Ajude e colabore com a tradução.

Piloto automático ou giropiloto é um instrumento que automaticamente guia navios, aviões, e mais recentemente, também carros.[1] [2] [3] [4]

Contém giroscópios que comandam o navio ou avião, controlando as posições vertical e horizontal e mantendo o navio ou avião em determinada rota. O piloto automático permite uma navegação mais precisa e econômica. Um piloto automático está fazendo exatamente o que os pilotos dizem. Ele não faz automaticamente um voo de A para B, mas os pilotos definem certos valores, certas velocidades ou um botão acima dos instrumentos que entram na altitude. E esta altitude, em seguida, liga-se automaticamente o piloto automático e detém.[carece de fontes?]

Um piloto automático para aviões tem dois giroscópios. O vertical comanda os ailerons e os profundores do avião, e a bússola Gyrosyn comanda o leme de direção. Os sinais de direção para os comandos do avião indicam que este saiu de sua rota e altitude corretas. Estes sinais são deslocamentos de voltagem amplificados e enviados para as servounidades. Estas possuem pequenos motores elétricos que movem os comandos do avião.

Em 1912, Lawrence Sperry, filho de Elmer Ambrose Sperry, inventou e testou em voo um instrumento automático de estabilização giroscópica para aviões com quatro giroscópios. Em 1932, a Sperry Gyroscope Company (atual Sperry Rand) desenvolveu seu primeiro comando de voo com piloto automático para aviões modernos. Este piloto automático foi instalado no avião de Wiley Post, o Winnie Mae, e ajudou-o a realizar o primeiro voo solo ao redor do mundo em 1933. Esse vôo durou pouco mais de sete dias e 18 horas.

O piloto automático para navios comanda o leme de direção emitindo sinais de correção de uma bússola giroscópica. O primeiro piloto automático para navios foi instalado em um navio-tanque da Standard Oil Company, no início da década de 1920. O piloto automático de navios é comummente chamado de timoneiro de ferro.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.