Dispositivos hipersustentadores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Dispositivos hipersustentadores são mecanismos adaptados às asas que permitem aumentar consideravelmente o coeficiente de sustentação do aerofólio.

Dispositivos[editar | editar código-fonte]

Flape[editar | editar código-fonte]

Tipos de flapes.

O flape ou flap é um dispositivo hipersustentador que possibilita aumentar a curvatura da asa. Dessa forma é possível aumentar seu coeficiente de sustentação ().

Tipos de flape[editar | editar código-fonte]

  • Flape simples
  • Flape ventral
  • Flape com fenda
  • Flape tipo "fowler" - este é o que mais aumenta o coeficiente de sustentação, pois além de aumentar a curvatura da asa, também aumenta sua área.

Slot[editar | editar código-fonte]

O slot ou fenda é um dispositivo que aumenta o ângulo de ataque crítico do aerofólio. Consiste em uma fenda que suaviza o escoamento do fluido no extradorso da asa, evitando o turbilhonamento. Permite que a asa atinja ângulos de ataque maiores, e consequentemente maior sustentação.

Slats[editar | editar código-fonte]

  • Existe um tipo especial de slot que fica recolhido durante o voo normal, só entrando em funcionamento quando necessário. Esses slots móveis são denominados slats. Em aeronaves de pequeno porte, os slats ficam estendidos por ação de molas. Quando em voo, o impacto do ar faz com que esses se recolham. Em aeronaves de grande porte, podem ser acionados separadamente pelo piloto através de alavancas e comandos hidráulicos.