Lockheed SR-71 Blackbird

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de SR-71 Blackbird)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
SR-71 Blackbird
Picto infobox aircraft.png
Um SR-71B de treino sobre Serra Nevada em 1994
Descrição
Tipo / Missão Aeronave estratégica de reconhecimento, com motores turbojato, bimotor monoplano
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Lockheed
Período de produção 1964-?
Quantidade produzida 32 unidade(s)
Desenvolvido de Lockheed A-12
Primeiro voo em 22 de dezembro de 1964 (51 anos)
Introduzido em 1966
Aposentado em 1998 (USAF)
1999 (NASA)
Variantes SR-71B e SR-71C
Tripulação 2 - piloto e oficial de sistema de reconhecimento
Carga útil 1 600 kg (3 530 lb)
Especificações (Modelo: SR-71A)
Dimensões
Comprimento 32,74 m (107 ft)
Envergadura 16,94 m (55,6 ft)
Altura 5,64 m (18,5 ft)
Área das asas 170  (1 830 ft²)
Alongamento 1.7
Peso(s)
Peso vazio 30 600 kg (67 500 lb)
Peso carregado 69 000 kg (152 000 lb)
Peso máx. de decolagem 78 000 kg (172 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbojatos de pós-combustão Pratt & Whitney J58-1
Força de empuxo (por motor) 15 422 kgf (151 000 N)
Performance
Velocidade máxima 3 540 km/h (1 910 kn)
Velocidade máx. em Mach 3,3 Ma
Alcance bélico 5 400 km (3 360 mi)
Alcance (MTOW) 5 925 km (3 680 mi)
Teto máximo 25 900 m (85 000 ft)
Razão de subida 60 m/s
Notas
Dados de: Lockheed SR-71 Blackbird[1]

Lockheed SR-71 Tipo A, também conhecido por Blackbird, e um avião projetado secretamente na area 51 que sua função e de uma aeronave de reconhecimento (daí o "SR": Strategic Reconnaissance) de longo alcance desenvolvido pela Lockheed a partir dos projectos YF-12 e A-12.

O famoso engenheiro aeroespacial Clarence "Kelly" Johnson é o nome por detrás de muitos dos conceitos avançados da aerodinâmica desse avião. Sua fuselagem foi feita com ligas de titânio para suportar as altas temperaturas em torno de 200 a 300 graus celsius, causadas pelo atrito com o ar em virtude da alta velocidade alcançada.

À altitude operacional, o SR-71 conseguia fazer a vigilância de uma superfície de 12.000 km² por hora, o que lhe permitia operar no Vietnã do Norte, na China, na União Soviética, em Cuba ou na Coreia do Norte sem entrar no espaço aéreo respectivo. Nenhum dos 33 SR-71 fabricados foi abatido até a atualidade,no entanto 12 unidades foram perdidas em acidentes[2].

Na cultura[editar | editar código-fonte]

Nas hq X-Mens, da editora Marvel, a equipe de mutantes criada pelo Profº Xavier dispõe de uma versão esteticamente diferente da real, sendo esta, no contexto da história, uma modificação do RS-150 Blackbird da SHIELD feita pelo cientista mutante Forge usando tecnologia da raça alienígena Shi'ar.[3]

No jogo Call of Duty: Black Ops, há um killstreak de nome "Blackbird" que revela os jogadores inimigos em tempo real no minimapa.

No filme "Transformers: A Vingança dos Derrotados", os aliados dos Autobots descobrem o Deceptcon Jetfire disfarçado como um Blackbird exposto no National Air and Space Museum of the Smithsonian.

No filme "Cowboys do Espaço", o personagem de Tommy Lee Jones, Coronel William "Hawk" Hawkins, com a aeronave em cena, descreve qual a sensação de pilotar o SR-71.

No filme "D.A.R.Y.L.", o personagem de Barret Oliver, Daryl, furta um Blackbird para fugir dos cientistas militares que o criaram e voltar para a família que o adotou.

Referências

  1. Pace, Steve. Lockheed SR-71 Blackbird, p.110. Swindon, UK: Crowood Press, 2004. ISBN 1-86126-697-9.
  2. «Blackbird Losses». sr71.org. Consultado em 2008-01-26. 
  3. X-Jet na Marvel Database

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Artigos relacionados:
Desenvolvimento: A-12 - YF-12 - M-21
Equivalência:
Série: XB-68/SM-68 - RB-69 - XB-70 - SR-71 - XGAM-72 - SM-73 - SM-75
Listas relacionadas: Lista de aviões - Lista de aviões militares
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons