P-2 Neptune

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Lockheed P-2 Neptune» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (agosto de 2015)
P-2 (P2V) Neptune
Picto infobox aircraft.png
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de patrulha marítima e anti-submarina, com motores a pistão, bimotor monoplano, de uso civil e militar
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Lockheed
Período de produção 1947-?
Quantidade produzida ~1208 unidade(s)
Primeiro voo em 17 de maio de 1945 (70 anos)
Introduzido em março de 1947
Aposentado em 1984 do uso militar
Variantes Kawasaki P-2J
Notas
Dados: Ver seção "Especificações"

O Lockheed P2 Neptune da Lockheed (até 1963 designado de P2V) é um avião bimotor, asa média, de trem retráctil, para patrulha naval e luta anti-submarina.

Na Marinha dos Estados Unidos operou entre 1947 e 1978, em substituição do PV-1 Ventura e PV-2 Harpoon, sendo substituído posteriormente pelo P-3 Orion.

Emprego na Força Aérea Portuguesa[editar | editar código-fonte]

O P2V5 Neptune entrou ao serviço da Força Aérea Portuguesa em abril de 1960 e foi definitivamente abatido em 1978.

Foram adquiridas 12 aeronaves, provenientes da Marinha Real Holandesa, equipados com meios sofisticados electrónicos para a detecção e o combate a submarinos.

Estiveram colocados na Esquadra 61, da Base Aérea Nº6.

Foram utilizados na Guerra do Ultramar para reconhecimento e bombardeamento.

P2V-5 da Força Aérea Portuguesa em exposição no Museu do Ar (Pólo de Sintra)

Emprego na Força Aérea Brasileira[editar | editar código-fonte]

O P2V5 Neptune entrou ao serviço da Força Aérea Brasileira no final de 1958 e foi definitivamente abatido em 1976. Foram adquiridas 14 unidades provenientes da Royal Air Force. Foi designado na Força Aérea Brasileira como P-15 Netuno.

Em sua carreira na FAB, foi operado exclusivamente pelo 1º/7º GAv sediado na Base Aérea de Salvador.

Especificações[editar | editar código-fonte]

P2V-3 P-2H (P2V-7)
Tripulação 9/11 7/9
Comprimento 23,72 m (77,8 ft) 27,94 m (91,7 ft)
Envergadura 30,48 m (100 ft) 31,65 m (104 ft)
Altura 8,56 m (28,1 ft) 8,94 m (29,3 ft)
Área alar 92,9  (1 000 ft²)
Peso vazio 15 819 kg (34 900 lb) 22 650 kg (49 900 lb)
Peso máx. de decolagem 29 076 kg (64 100 lb) 35 240 kg (77 700 lb)
Motorização 2 x motores a pistão radiais Wright R-3350-26W Cyclone-18 com potência de 3 200 hp (2 390 kW) cada 2 x motores turbojato Westinghouse J34-WE-34 com empuxo de 1 542 kgf (3 400 lbf) cada mais,
2 x motores a pistão radiais Wright R-3350-32W Cyclone turbo com potência de 3 700 hp (2 760 kW) cada
Velocidade máx. 515 km/h (278 kn) 586 km/h (316 kn) (com todos os motores)
Velocidade de cruzeiro 286 km/h (154 kn) 333 km/h (180 kn)
Alcance 6 406 km (3 980 mi) 3 540 km (2 200 mi)
Teto de serviço N/D 6 827 m (22 400 ft)
Armamento Foguetes: FFAR de 70 mm (2,76 in) em pods removíveis nas asas
Bombas: 3 629 kg (8 000 lb) de bombas, incluindo bombas de queda livre, cargas de profundidade e torpedos.
Fonte dos dados Combat Aircraft since 1945[nota 1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Wilson 2000, p. 82.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Wilson, Stewart. Combat Aircraft since 1945. Fyshwick, ACT, Australia: Aerospace Publications Pty Ltd., 2000. ISBN 1-875671-50-1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Artigos relacionados:
Desenvolvimento: L-188 Electra
Equivalência: Avro Shackleton - PB4Y-2 Privateer - P-3 Orion - P4M Mercator
Série: - - PV - P2V Neptuno - P3V Orion - -
Listas relacionadas: Lista de aviões - Lista de aviões militares
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons