Frota do Norte (Rússia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frota do Norte
Sleeve Insignia of the Russian Northern Fleet.svg
Insígnia da Frota do Norte
País  Rússia
Corporação Marinha Russa
Missão Combate naval
Guerra anfíbia
Denominação Frota
Criação 5 de agosto de 1933 - presente
Aniversários 11 de maio
História
Guerras/batalhas Segunda Guerra Mundial
Intervenção militar da Rússia na Ucrânia (2014–presente)
Condecorações Ordem do Estandarte Vermelho
Logística
Efetivo 38 Navios de guerra

42 Submarinos

Comando
Almirante Nikolai Anatolyevich Evmenov
Comandantes
notáveis
Adm. Vladimir Vysotskiy
Adm. Feliks Gromov
Adm. Ivan Kapitanets
Adm. Vladimir Chernavin
Adm. Semyon Lobov
Adm. Vladimir Kasatonov
Adm. Arseniy Golovko
Sede
Guarnição Severomorsk(Quartel general)
Polyarny
Baía de Olenya
Gadzhiyevo (Yagelnaya/Sayda)
Vidyayevo (Baía Ura e Baía Ara Bay)
Bolshaya Lopatka (Litsa Guba)
Ostrovnoy


A Frota do Norte[1] (em russo: Северный флот , Severnyy flot; nomeado durante o tempo soviético) é uma unidade da Marinha Russa responsável pela defesa do nordeste da Rússia. A frota tem acesso ao Oceano Ártico e Oceano Pacífico de bases no Mar de Barents e no Mar da Noruega. O quartel general e centro administrativo estão localizados em Severomorsk, com bases secundárias na Baía de Kola. A frota foi estabelecida como parte da Marinha Soviética em 1937. Operou mais de 200 submarinos de ataque diesel (SS) até classes nucleares com mísseis balísticos (SSBN) durante a era soviética. Uma frota civil também existiu anteriormente a Segunda Guerra Mundial.


O mar ártico e as Flotilhas do mar branco[editar | editar código-fonte]

Em 19 de junho de 1916, o Império Russo formou a Flotilha do Ártico (Флотилия Северного Ледовитого океана, ou Flotiliya Severnogo Ledovitogo okeana) para proteger as rotas de transporte de ataques dos Aliados pelo Mar de Barents. Após a Revolução de Outubro, a Marinha Soviética formou a Flotilha do Mar branco (Беломорская флотилия, or Belomorskaya flotiliya) em Março de 1920, com base em Arkhangelsk. Posteriormente a flotilha foi renomeada para "Forças navais do mar do norte".

A Flotilha do Mar do Norte[editar | editar código-fonte]

A Flotilha do Mar do Norte foi formada no início de 1933 pela transferência do Navio-patrulha Smerch e Uragan, o Submarino classe Dekabrist Dekabrist (D-1) e o Narodovolyets (D-2)[2] além de dois destróier da Frota do Báltico. Os navios partiram de Kronstadt em 18 de maio de 1933 e chegaram à Murmansk em 5 de agosto. Outro destróier, um barco de patrulhas, um submarino e dois Navios de guerra de minas foram incorporados a flotilha em Soroka em setembro de 1933. A base militar de Polyarny tornou-se o centro da flotilha; com Beriev MBR-2 formando uma unidade em Murmansk em setembro de 1935.[2]

A frota do norte[editar | editar código-fonte]

A flotilha recebeu novos navios, um aeródromo, além de defesa antiaérea, sendo de redesignada como Frota do Norte em 11 de maio de 1937.

Segunda guerra mundial[editar | editar código-fonte]

A frota do norte foi bloqueada pela Finlândia na base militar no Distrito de Pechengsky durante a Guerra de Inverno entre 1939 e 1940. Em junho de 1941, a frota incluía 8 destróiers, 15 submarinos, 2 navios de torpedo, 7 barcos de patrulha, 2 navios de minas e 116 aeronaves.

Em agosto de 1940, os soviéticos criaram a base militar do Mar Branco para defender a costa, bases, portos e outras instalações. A "Flotilha do Mar Branco" foi estabelecida em agosto de 1941, sob o comando do Vice-almirante M. Dolinin.

Durante a Frente Oriental (Segunda Guerra Mundial) entre 1941 e 1945, a frota do norte defendeu as linhas costeiras de Rybachiy e da península de Sredniy, segurando as rotas de transporte interno e externo, além de providenciar suporte de flanco marítimo para o 14º Exército Soviético. [[Infantaria de marinha}}e mais de 10 mil membros da frota do norte participaram na Ofensiva Petsamo–Kirkenes em 1944.[3]

Entre as unidades aéreas estava o 121º Regimento de Aviação de Caças. A frota do norte foi reforçada com aeronaves navais da costa do Oceano Pacífico e do Mar Cáspio. O Reino Unido e os Estados Unidos temporariamente providenciaram o HMS Royal Sovereign (05) e o USS Milwaukee (CL-5) em troca de alguns navios italianos capturados durante a guerra e foram destinados a serem divididos entre os aliados. Durante a guerra, a Frota do Norte assegurou a passagem de 1463 navios em comboios externos e 2568 em internos. Seus submarinos, barcos de torpedos, e aviação destruíram 192 cargueiros e outros 70 navios militares hostis. Decorre, também, com o número total de 118 navios de transporte, militares e auxiliares. [4]

Navios foram perdidos quando lutaram em condições desiguais. O navio de patrulha Tuman, um antigo treineiro, foi afundado por três destróier da Kriegsmarine na entrada da Baía de Kola em 4 de agosto de 1941. O quebra-gelo Sibiryakov foi afundado em 25 de agosto de 1942 por um bolsão feito cruzador Admiral Scheer, enquanto defendia dois comboios. O barco de patrulha Murmanryby foi afundado por um submarino.[5]

A Frota do Norte recebeu os seguintes prêmios:

Comandantes[editar | editar código-fonte]

A Frota do Norte.
Nome Período de comando
Zakhar Aleksandrovich Zakupnev (Primeiro oficial de frota) 29 de maio de 1933 – 13 de março de 1935
Northern Flotilla
Konstantin Ivanovich Dushenov (Primeiro oficial de frota) 13 de março de 1935 – 11 de maio de 1937
Northern Fleet
11 May 1937 – 28 May 1938
Valentin Petrovich Drozd (Vice Almirante) 28 de maio de 1938 – 26 de julho de 1940
Arseniy Grigoryevich Golovko (Almirante) 26 de julho de 1940 – 4 de agosto de 1946
Vasiliy Ivanovich Platonov (Almirante) 4 de agosto de 1946 – 23 de abril de 1952
Andrey Trofimovich Chabanenko (Almirante) 23 de abril de 1952 – 28 de fevereiro de 1962
Vladimir Afanasyevich Kasatonov (Almirante) 28 de fevereiro de 1962 – 2 de junho de 1964
Semen Mikhaylovich Lobov (Almirante de frota) 2 de junho de 1964 – 3 de maio de 1972
Georgiy Mikhaylovich Egorov (Almirante de frota) 3 de maio de 1972 – 1 de julho de 1977
Vladimir Nikolayevich Chernavin (Almirante de frota) 1 de julho de 1977 – 16 de dezembro de 1981
Arkadiy Petrovich Mikhaylovskiy (Almirante) 16 de dezembro de 1981 – 25 de fevereiro de 1985
Ivan Matveyevich Kapitanets (Almirante) 25 de fevereiro de 1985 – 19 de março de 1988
Feliks Nikolayevich Gromov (Almirante) 19 de março de 1988 – 14 de março de 1992
Oleg Aleksandrovich Erofeyev (Almirante) 14 de março de 1992 – 29 de janeiro de 1999
Vyacheslav Alekseyevich Popov (Almirante) 29 de janeiro de 1999 – 15 de dezembro de 2001
Gennady Aleksandrovich Suchkov (Almirante) 16 de dezembro de 2001 – 29 de maio de 2004
Mikhail Leopoldovich Abramov (Almirante) 29 de maio de 2004 – 26 de setembro de 2005
Vladimir Sergeyevich Vysotskiy (Almirante) 26 de setembro de 2005 – 11 de setembro de 2007
Nikolay Mikhaylovich Maksimov (Vice Almirante) 12 de setembro de 2007 – 30 de março de 2011
Andrey Olgertovich Volozhinskiy (Segundo Almirante) - Efetivo 30 de março de 2011 – 24 de junho de 2011
Vladimir Ivanovich Korolev (Almirante) 24 de junho de 2011- Novembro de 2015
Nikolai Anatoleyevich Evmenov (Vice almirante) Novembro de 2015 -

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Северный флот» [Northern Fleet]. flot.com (em russo). Consultado em 24 de maio de 2016 
  2. a b Norman Polmar, Guide to the Soviet Navy, Fourth Edition (1986), United States Naval Institute, Annapolis Maryland, ISBN 0-87021-240-0
  3. Northern Fleet / / The Great Patriotic War 1941-1945: Encyclopedia / Ch. Ed. MM Kozlov. - M. Sov. Encyclopedia, 1985. - S. 641. - 832 p.
  4. Great Soviet Encyclopedia/Большая Советская Энциклопедия; entry: Soviet Red Banner Northern Fleet.
  5. AG Golovko Together with the fleet. - 3rd ed. - Moscow: Finances and Statistics, 1984. - 287, ill. - C. 129-135.

Links externos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Frota do Norte (Rússia)