Trimotor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde 26 de outubro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O trimotor é uma aeronave impulsionada por três motores, a grande maioria com duas configurações diferentes, sendo a primeira configuração com dois motores fixados sob as asas e o terceiro motor fixado sobre o cone de cauda ou embutido no cone de cauda, e a segunda configuração com dois motores fixados nas partes laterais do cone de cauda e o terceiro motor fixado sobre o cone de cauda ou embutido no cone de cauda.[1] [2]

A aeronave mostrada ao lado é apenas uma exceção, não é mais fabricada.

Os fabricantes de aeronaves trimotoras estão dispensados da exigência de certificação ETOPS para a posterior operação das aeronaves trimotoras sobre oceanos, desertos e florestas, mas a cada dia que passa os operadores de aeronaves (companhias aéreas e taxis aéreos) dão mais preferência a aeronaves bimotoras, principalmente em razão da redução de complexidade e redução de custos operacionais quando fazem a opção por aeronaves bimotoras.[2]

Entre as poucas exceções a isso está o sofisticado jato executivo Falcon 7X, aeronave oferecida pelo fabricante francês Dassault e que, segundo o fabricante, vende bem.[3]

No caso de aeronave com motores turbofan ou motores a jato, pode-se chamá-la também de trirreator ou trijato.

Exemplos de trimotores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Trimotor Dicionário Michaelis. Visitado em 26 de outubro de 2014.
  2. a b Falcon 7X Aero Magazine. Visitado em 26 de outubro de 2014.
  3. Falcon7X Aero Magazine. Visitado em 26 de outubro de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]