Monomotor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Setembro de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um Monomotor é uma aeronave dotada de um único motor.

De modo geral, o funcionamento e a operação das aeronaves monomotoras são bem mais simples e descomplicados que o funcionamento e a operação das aeronaves bimotoras, com a significativa redução de complexidade de sistemas hidráulicos, elétricos, eletrônicos e mecânicos, com a consequente redução dos custos operacionais em relação às aeronaves bimotoras, ou seja, as aeronaves monomotoras são bem mais fáceis e econômicas de operar e manter do que as aeronaves bimotoras.[1][2][3]

Alguns modelos de aeronaves monomotoras, como o Pilatus PC-12 e a família TBM da marca europeia Socata, têm velocidades de cruzeiro de 500 km/h ou mais.

Os aviões monomotores foram muito usados nas décadas de 1970 e 1980 nas operações garimpeiras no Brasil, principalmente nas regiões Norte, Nordeste e no Centro oeste brasileiro, algum pilotos eram apelidados de Kamikazes garimpeiros.

Referências

  1. «Value Only One Engine». Revista Flying Magazine (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  2. «Solution Twin Engine Phobia». Revista Flying Magazine (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  3. «Monomotor ou Bimotor?». Revista Aero Magazine. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 

Galeria[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]