Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos II
Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Período 2 de Junho de 1794 – 6 de Novembro de 1816
Antecessor(a) Adolfo Frederico IV, Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Sucessor(a) Jorge I, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
 
Cônjuge Frederica de Hesse-Darmstadt
Carlota Guilhermina de Hesse-Darmstadt
Descendência Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz
Carolina Augusta de Mecklemburgo-Strelitz
Jorge Carlos de Mecklemburgo-Strelitz
Teresa de Mecklemburgo-Strelitz
Frederico Jorge de Mecklemburgo-Strelitz
Luísa de Mecklemburgo-Strelitz
Frederica de Mecklemburgo-Strelitz
Jorge I, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Frederico Carlos de Mecklemburgo-Strelitz
Augusta Albertina de Mecklemburgo-Strelitz
Carlos de Mecklemburgo-Strelitz
Nascimento 10 de outubro de 1741
  Mirow, Ducado de Mecklemburgo-Strelitz, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 6 de novembro de 1816 (75 anos)
  Neustrelitz, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Pai Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz
Mãe Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen

Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo (10 de Outubro de 1741 - 6 de Novembro de 1816) foi governante do estado de Mecklemburgo-Strelitz de 1794 até à sua morte. Embora tenha começado o seu reinado como duque, o seu título foi elevado a grão-duque em 1815. Antes de suceder ao trono tinha prestado serviços como governador de Hanôver entre 1776 e 1786.[1]

Primeiros anos e serviço militar em Hanôver[editar | editar código-fonte]

Carlos (direita) com o seu irmão, Adolfo Frederico, a sua irmã Carlota e os seus sobrinhos mais velhos Jorge, Frederico e Guilherme.

O duque Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo nasceu em Mirow, sendo o segundo filho do duque Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo, príncipe de Mirow, e da sua esposa, a princesa Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen. A 11 de Dezembro de 1752, o seu tio Adolfo Frederico III morreu e, por isso, o irmão mais velho de Carlos sucedeu-o e tornou-se duque Adolfo Frederico IV. Com a ascensão do irmão, Carlos e o resto da família mudaram-se de Mirow para a capital do ducado, Strelitz.[2]

Desde os quatro anos de idade que se perspectivava que Carlos fosse seguir uma carreira militar no exército de Hanôver, depois de receber uma comissão de capitão.[3] A sua irmã, a princesa Carlota, casou-se com o eleitor de Hanôver, o rei Jorge III do Reino Unido, a 8 de Setembro de 1761. Carlos visitava a sua irmã na Grã-Bretanha com frequência e acabou por entrar no exército do seu cunhado, o eleitor de Hanôver, graças a uma nomeação como chefe militar depois de ter cumprido serviço militar em Espanha.[4]

No outono de 1776, Carlos foi nomeado governador-geral de Hanôver pelo seu cunhado. Como governador de Hanôver, detinha efectivamente todos os poderes de um soberano governante. O seu cunhado não tinha qualquer intenção de residir na Alemanha, uma vez que a sua família se tinha tornado completamente inglesa.[4] Pouco depois de ficar viúvo pela segunda vez, em 1785, Carlos pediu permissão para se retirar das suas posições militares em Hanôver e apresentou a sua demissão como governador.[4] O seu cunhado aceitou todos os pedidos, promoveu Carlos à posição de marechal-de-campo e deu-lhe uma pensão. Carlos passou grande parte do seu tempo a viajar, antes de assentar em Darmstadt, onde se tornou presidente da Comissão de Crédito Imperial.[3]

Quando o seu irmão mais velho, Adolfo Frederico, morreu sem deixar descendentes a 2 de Junho de 1794, Carlos sucedeu-lhe como duque governante de Mecklemburgo-Strelitz.[5]

Governante de Mecklemburgo-Strelitz[editar | editar código-fonte]

Como governante, Carlos encorajou novas modas na agricultura, criou uma nova força policial e implementou a educação obrigatória. Em 1806, o seu ducado juntou-se à Confederação do Reno. Após o Congresso de Viena,o seu título foi elevado a grão-duque, a 28 de Junho de 1815.[6]

No verão de 1816, Carlos foi fazer uma visita a Rebberg, Schwalbach e Hildburghausen. Pouco depois do seu regresso, adoeceu com uma inflamação nos pulmões. Morreu em Neustrelitz, depois de sofrer um ataque de apoplexia.[7] Foi sucedido pelo seu filho mais velho, Jorge.[5]

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Depois da tentativas falhadas para o casar com uma princesa da Dinamarca e uma princesa de Saxe-Gota,[3] Carlos casou-se com a sua primeira esposa, a princesa Frederica de Hesse-Darmstadt, filha do conde Jorge Guilherme de Hesse-Darmstadt, a 18 de Setembro de 1768, em Darmstadt.[8] Juntos, tiveram dez filhos:

  1. Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz (17 de novembro de 1769 - 14 de maio de 1818), casada com Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo; com descendência.
  2. Carolina Augusta de Mecklemburgo-Strelitz (17 de fevereiro de 1771 - 11 de janeiro de 1773), morreu aos dois anos de idade.
  3. Jorge Carlos de Mecklemburgo-Strelitz (4 de março de 1772 - 21 de maio de 1772), morreu aos catorze meses de idade.
  4. Teresa de Mecklemburgo-Strelitz (5 de abril de 1773 - 12 de fevereiro de 1839), casada com Carlos Alexandre, 5º Príncipe de Thurn e Taxis; com descendência.
  5. Frederico Jorge de Mecklemburgo-Strelitz (1 de setembro de 1775 - 5 de novembro de 1775), morreu com poucas semanas de vida.
  6. Luísa de Mecklemburgo-Strelitz (10 de março de 1776 - 19 de julho de 1810), casada com o rei Frederico Guilherme III da Prússia; com descendência.
  7. Frederica de Mecklemburgo-Strelitz (3 de março de 1778 - 29 de junho de 1841), casada primeiro com o príncipe Luís Carlos da Prússia; com descendência. Casada depois com Frederico Guilherme de Solms-Braunfels; sem descendência. Casada em terceiro lugar com o rei Ernesto Augusto I de Hanôver; com descendência.
  8. Jorge I, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz (12 de agosto de 1779 - 6 de setembro de 1860), casado com a princesa Maria de Hesse-Cassel; com descendência.
  9. Frederico Carlos de Mecklemburgo-Strelitz (7 de janeiro de 1781 - 24 de março de 1783), morreu aos dois anos de idade.
  10. Augusta Albertina de Mecklemburgo-Strelitz (19 de maio de 1782 - 20 de maio de 1782), morreu com poucas horas de vida.

Frederica morreu devido a complicações no parto da sua última filha em 1782. Após a sua morte, a 28 de Setembro de 1784, em Darmstadt, Carlos casou-se com a irmã mais nova da sua esposa, a princesa Carlota de Hesse-Darmstadt.[8] No entanto, ela acabaria por morrer a 12 de Dezembro de 1785, pouco tempo depois de dar à luz o único filho do casal, o duque Carlos de Mecklemburgo-Strelitz.

Títulos e formas de tratamento[editar | editar código-fonte]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz em três gerações
Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz Pai:
Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz
Avô paterno:
Adolfo Frederico II, Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavô paterno:
Adolfo Frederico I, Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Bisavó paterna:
Maria Catarina de Brunswick-Dannenberg
Avó paterna:
Cristiana Emília de Schwarzburg-Sondershausen
Bisavô paterno:
Cristiano Guilherme I, Príncipe de Schwarzburg-Sondershausen
Bisavó paterna:
Antónia Sibila de Barby-Mühlingen
Mãe:
Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen
Avô materno:
Ernesto Frederico I de Saxe-Hildburghausen
Bisavô materno:
Ernesto de Saxe-Hildburghausen
Bisavó materna:
Sofia de Waldeck
Avó materna:
Sofia Albertina de Erbach-Erbach
Bisavô materno:
Jorge Luís I de Erbach-Erbach
Bisavó materna:
Amália Catarina de Waldeck-Eisenberg

Referências

  1. http://www.thepeerage.com/p10121.htm#i101209
  2. Huish, Robert (1821). Public and Private Life His Late Excellent and most Gracious Majesty George The Third. T. Kelly. p. 170.
  3. a b c Orr, Clarissa Campbell (2004). Queenship in Europe 1660-1815. Cambridge University Press. pp. 375, 379. ISBN 0-521-81422-7.
  4. a b c Hudson, E. H. (1878). The Life and Times of Louisa, Queen of Prussia. Hatchards, Piccadilly. pp. 185, 189, 225.
  5. a b Baines, Edward (1851). The Book of Dignities. Longmans. p. 52.
  6. Almanach de Gotha (182nd ed.). Almanach de Gotha. 1998. p. 173. ISBN 0-9532142-0-6.
  7. The Gentleman's Magazine. F. Jefferies. 1816. p. 477.
  8. a b Huberty, Michel; Alain Giraud; F. et B. Magdelaine. L'Allemagne Dynastique, Tome VI : Bade-Mecklembourg. p. 211. ISBN 978-2-901138-06-8.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz