Caspar Cruciger, o Jovem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Caspar Cruciger, o Jovem
(1525-1597)
Nascimento 19 de março de 1525
Wittenberg, Alemanha
Morte 16 de abril de 1597
Kassel, Alemanha
Nacionalidade Alemanha
Cidadania Alemanha
Progenitores Pai:Caspar Cruciger
Alma mater Universidade de Wittenberg
Ocupação Teólogo luterano alemão
Empregador Universidade de Wittenberg
Religião luteranismo
Caspar Cruciger, o Jovem[1] (Wittenberg, 19 de março de 1525Kassel, 16 de abril de 1597) foi um teólogo luterano alemão. Era filho de Caspar Cruciger, o Velho e foi sucessor de Philipp Melanchthon na Universidade de Wittenberg e também reitor dessa universidade. Envolveu-se na questão dos Filipistas e por isso, foi preso e banido da Saxônia, em 1576.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • “Epistola ad Dantiscanos De exorcismo” 1572
  • „Fortgesetzte Sammlung von alten und neuen theologischen Sachen“ 1746 Leipzig
  • „Endlicher Bericht“ gegen die Flacianer

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências