Castelo Darnaway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo Darnaway, Escócia
Castelo Darnaway, 1804

O Castelo Darnaway (em inglês: Darnaway Castle) é uma mansão histórica do século XIX[1][2] localizada em Dyke and Moy, Moray, Escócia.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1314, o Rei Roberto I fundou nas suas terras em Moray um condado e deixou-o ao seu sobrinho Thomas Randolph.[2] O condado reverteu à coroa em 1455 e em 1501 Jaime IV concedeu a seu filho ilegitimo, James Stuart que casou com Lady Elizabeth, filha do falecido Conde de Moray e atualmente pertence ao mesmo ramo familiar.[2]

O castelo, foi a principal residência dos Conde de Moray desde a Idade Média, localizado no local do castelo construído por Thomas Randolph, regente de David II até atingir a maioridade.[2]

O teto do hall, em estilo gótico inglês, conhecido por Hammerbeam foi construído em 1450, é um dos poucos exemplares hoje existentes na Escócia.[1]

Fundado em 1802 e terminado em 1812, sendo que em 1810, um novo e grande castelo foi erigido em frente ao antigo hall, ligando-o e portanto o hall forma uma parte da mansão. O trabalho foi da responsabilidade do arquiteto Alexander Laing.[1][2]

Encontra-se classificado na categoria "A" do "listed building" desde 26 de janeiro de 1971.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Darnaway Castle (NAT)». Royal Commission on the Ancient and Historical Monuments of Scotland (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2012 
  2. a b c d e f «Darnaway Castle and Terraces, Dyke and Moy». britishlistedbuildings.co.uk (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre um castelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.