Charles Manneback

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Manneback
Charles Manneback na International Conference on Physics, Londres 1934
Nascimento 9 de março de 1894
Etterbeek
Morte 15 de dezembro de 1975 (81 anos)
Bruxelas
Nacionalidade Belga
Alma mater Universidade Católica de Lovaina, Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Orientador(es) Vannevar Bush
Orientado(s) Vitold Belevitch[1]
Instituições Universidade Católica de Lovaina
Campo(s) Física, mineração, matemática
Tese 1922: An Integral Equation for Skin-Effect in Parallel Conductors

Charles Manneback (Etterbeek, 9 de março de 1894Bruxelas, 15 de dezembro de 1975) foi um engenheiro de minas, engenheiro eletricista e matemático belga.[2]

Após servir no exército belga durante a Primeira Guerra Mundial, obteve um diploma em engenharia civil em 1920. Foi depois para os Estados Unidos, onde obteve um grau de M.A. no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, e em 1922 um Ph.D. em engenharia elétrica. Sua tese foi orientada por Vannevar Bush e investigou a teoria das ondas eletromagnéticas e efeito pelicular.[3]:371–372[4]

Foi professor na Universidade Católica de Leuven e membro da Royal Academies for Science and the Arts of Belgium.[2]

Participou da Sexta Conferência de Solvay em 1930.

Referências

  1. Charles Manneback (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. a b Registro em bestor.be
  3. Maurice A. Biot, "Charles Manneback 1894–1975", in Florilège des Sciences en Belgique, vol. 2, Académie Royale de Belgique, Classe des Sciences, 1980, pp. 371–377
  4. Charles Manneback (abril de 1922). «An Integral Equation for Skin-Effect in Parallel Conductors». Journ. Math. and Phys. (M.I.T.). 1: 123–146. doi:10.1002/sapm192213123 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]