Cidade universitária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um dos campi da Universidade Federal de Goiás, no Brasil, é uma espécie de cidade universitária.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cidade universitária (desambiguação).

Cidade universitária é uma comunidade (às vezes separada de um município ou distrito, mas também parte de uma localidade) dominada por construções de uma universidade e por uma população de universitários. A definição engloba, principalmente, universidades que reúnem suas respectivas faculdades em territórios próximos, de forma que permitam uma concentração de atividades acadêmicas e uma vida social compartilhada entre membros da instituição. Entre o público dessas comunidades, inclui-se servidores e estudantes.[1] O conceito originou-se em países europeus no século XII e, com o passar os tempos, se popularizou pelo mundo.[2]

Referências

  1. Miziara, Fausto; Cavalcante, Fabiani (2010). «Resgate de um ideal: A proposta de criação da UFG» (PDF). Revista UFG: 91-96. Consultado em 3 de maio de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 27 de abril de 2020 
  2. Buffa, Ester; Pinto, Gelson de Almeida (2016). «O território da universidade brasileira: o modelo de câmpus» (PDF). Revista Brasileira de Educação: 809-831. Consultado em 8 de maio de 2020